Educação e Cultura

Estudante são-mateuense vence concurso de educação ambiental; prêmio vai favorecer a escola em que estuda

Assessoria PMSMS

Assessoria PMSMS

Com 1.497 votos o brinquedo “Patas de Dinossauro”, um calçado feito com caixas de leite, decorado e pintado para lembrar a textura da pele dos répteis extintos, confeccionado pelo estudante Kauã Metka Juliano, que concluiu em 2015 o 3º ano na Escola Municipal Dr. Paulo Fortes, de São Mateus do Sul, conquistou o primeiro lugar em um concurso de educação ambiental. Como prêmio, a escola onde Kauã estuda, receberá a revitalização de um de seus ambientes escolares. O prêmio da transformação do ambiente escolar é no valor de R$18 mil e a escola poderá escolher qual ambiente pretende revitalizar. Os demais finalistas do concurso receberão como premiação uma mochila personalizada recheada de achocolatado e uma bicicleta.

O concurso

O projeto Tirolzinho Transforma Paraná, promovido pela Lacticínios Tirol em parceria com a SIG Combibloc, teve como objetivo promover a educação ambiental para os alunos do 2º e 3º ano do ensino fundamental das escolas municipais e estaduais do Paraná.

De acordo com a gerente de Marketing da Tirol, Lilian Pagliochi, esta segunda edição do Projeto Tirolzinho Transforma, agora desenvolvido no Paraná, mostrou relevância para a educação ambiental. “Além de ensinarmos a importância da reciclagem também despertamos a criatividade e proporcionamos o prêmio de transformação de uma ambiente escolar. Isso é uma forma de fidelizar o projeto e aumentar sua credibilidade”, afirma.

Os demais brinquedos finalistas receberam as seguintes colocações: em segundo lugar ficou o brinquedo Tirolixo Seletivo com 687 votos, em terceiro o brinquedo Castelo com 379 votos e em quarto lugar o Caminhãozinho que recebeu 226 votos.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Tarde recreativa vai antecipar o Dia das Crianças em São Mateus do Sul
Prefeitura Municipal assina contrato de locação da antiga estrutura do Colégio Integral para a novo CMEI
Curso de libras é novidade no Colégio São Mateus