(Fotos: Acervo IDR-Paraná)

Nesta sexta-feira (20), o serviço de Extensão Rural do Paraná completa 66 anos de atuação no Paraná. O trabalho, executado pelo IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná) promove o desenvolvimento rural sustentável, coordenando, articulando e executando assistência técnica e extensão rural junto aos produtores paranaenses.

A história da Extensão Rural no Paraná começou no em 20 de maio de 1956, quando foi instalado o Escritório Técnico de Agricultura (ETA) – Projeto 15, por meio de um convênio firmado entre os governos paranaense e norte-americano. Na época, o objetivo era melhorar a produtividade da agricultura brasileira e paranaense.

A primeira turma de extensionistas regressou do pré-serviço pelo ETA – Projeto 15, sendo 9 Agrônomos e 11 Economistas Domésticas, e iniciaram a instalação dos primeiros sete escritórios paranaenses, dentre eles, São Mateus do Sul, tendo Nelson Kochinski Hasselmann, como técnico responsável municipal.

A iniciativa deu tão certo que ao terminar o prazo do projeto, uma ONG assumiu a continuidade do trabalho, a ACARPA (Associação de Crédito e Assistência Rural).

Escritório em São Mateus do Sul – década de 60.

Termo de acordo: CODESAM, COMJUR e ACARPA (1971).

1ª Feira do Mel em São Mateus do Sul.

Quando o governo do estado assumiu a assistência aos produtores, a ONG deu lugar à Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Paraná) que em 2005 foi transformada em autarquia, o Instituto Emater.

No final de 2019, o governo do estado fundiu os serviços do Instituto com o Iapar (Instituto Agronômico do Paraná), Codapar (Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná) e CPRA (Centro Paranense de Referência em Agroecologia), criando o IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater). Hoje, o IDR-Paraná preserva a essência de cada uma das entidades que o constitui e que se dedica ao desenvolvimento rural, prestando o serviço de pesquisa e experimentação agrícola, de assistência técnica e extensão rural e de fomento no meio rural.

Com informações do Portal RDX

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Réplica da McLaren esteve em exposição na SIX
Vagas “guardadas” no centro incomodam motoristas
Morre médico ginecologista e obstetra Celso Andreacci