Geral

Família procura cachorro desaparecido e oferece recompensa em São Mateus do Sul

A leitora, Elisiane Aires da Silva Bottezini, entrou em contato com a Gazeta Informativa para pedir ajuda para encontrar seu cachorro, que desapareceu em São Mateus do Sul. O animal de apenas cinco meses de vida, da raça beagle, que atende pelo nome de Max, é dócil e adora crianças.

Conforme relato da proprietária do Max, ele foi levado no dia 13 agosto, às 17h40, por uma criança, em frente ao Supermercado Baratão da BR, próximo a sua residência. “Uma caminhonete que passava pelo local, viu o cachorro cruzando na sua frente e decidiu pegar o cachorro”, conta.

Câmeras de Segurança de diversos estabelecimentos próximos filmaram toda a movimentação da família. E as câmeras de segurança da cidade pegam desde a entrada deles na cidade, porém não é possível identificar a placa. Era uma caminhonete S-10 Executive, mais ou menos ano 2011, na cor prata, com detalhes preto, bagageiro, capota marítima preta, rodas diferentes do modelo original.

“A partir das imagens, fomos em busca de informações. Na segunda-feira, dia 15 de agosto, por volta das 7h30, a família parou no Posto Fox para limpar a caminhonete, pois o cachorro havia vomitado. A frentista perguntou a mulher sobre a origem do cachorro e a mesma respondeu que havia passado o fim de semana pela região e que comprou o cachorro de uma juíza que estava indo embora, pessoa para quem sua mãe trabalhava”, relata.

Para Elisiane, o Max é um membro da família, “o escolhemos antes mesmo dele nascer. As crianças cuidavam dele desde de dar comida, arrumar o lugar para ele dormir todas as noites, dar banho, levá-lo para vacinar, para passear. Estamos sentindo muito falta dele, principalmente o Giordanno, pois ele participava ativamente das atividades do cotidiano da nossa família. Até hoje, um mês depois, as coisinhas dele estão todas lá, pois temos muita esperança em encontrá-lo. Ficaremos muito gratos se alguém souber alguma notícia. Não temos nenhuma intenção em julgar ou culpar alguém. A única coisa que queremos é o Max de volta”, diz Elisiane.

A família oferece recompensa por informações confiáveis que possam levar ao Max. “Pode entrar em contato pelo meu face Elisiane Aires. E não se preocupem que não vou divulgar quem é”.

Redação

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
A falta de chuvas limita o nível dos rios da região
Aniversário de São Mateus do Sul contará com diversas atrações em comemoração aos 109 anos
Valor do gás de cozinha aumenta 4,4%