Religiosidade

Festa da Padroeira será realizada na Paróquia Nossa Senhora Aparecida neste domingo

A festa acontecerá no domingo (14), na Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa da Vila Nepomuceno. (Foto: Arquivo Paróquia)

Nesta sexta-feira (12), o feriado nacional foi em comemoração à Nossa Senhora da Conceição Aparecida. No próximo domingo (14), acontecerá a tradicional Festa da Padroeira, organizada pela comunidade da Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa, na Vila Nepomuceno. A paróquia é a única da diocese de União da Vitória que tem Nossa Senhora Aparecida como padroeira.

As festividades iniciarão às 6h com alvorada festiva; 9h30 Santa Missa e após carretada com a imagem de Nossa Senhora Aparecida e benção dos veículos; 12h almoço com costela, carneiro e leitão assados ao fogo de chão e filé na grelha, com um repleto serviço de bar e cozinha; 13h30 início da parte recreativa com Bingo. O lucro da festa será destinado a construção do novo pavilhão da paróquia.

A aparição da imagem de Nossa Senhora de Aparecida ocorreu em 1717, época das Capitanias Hereditárias. O governante das capitanias de São Paulo e Minas de Ouro estava de passagem pelo Vale do Paraíba, mais precisamente por Guaratinguetá. Animados com a visita, o povo daquela localidade resolveu fazer uma festa de boas-vindas e para isso chamaram três pescadores, Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso para lançar as redes no rio e pescar bons peixes.

O fato era que, naquela época, meados de Outubro, não era tempo de peixes. Porém, como não podiam contradizer o pedido, rezaram pela proteção e benção da Virgem Maria e de Deus para que pudessem voltar à terra firme com fartura. Depois de inúmeras tentativas sem sucesso, eis que surpreendentemente eles pescaram o corpo de uma imagem. Curiosos, lançaram novamente as redes e “pescaram” uma cabeça que se encaixou perfeitamente ao corpo. Depois deste encontro, que nos dias de hoje é representado em todo o Brasil no dia 12 de outubro emocionando os fiéis, o barco se encheu tanto de peixes que ele quase virou!

A partir daí, a devoção da Santa foi se espalhando. Primeiro nas casas, depois se construiu uma capela, depois uma basílica, até chegar ao quarto maior santuário do mundo, o Santuário Nacional de Aparecida localizado na cidade de Aparecida, interior do Estado de São Paulo.

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Teatro campal da Paixão de Cristo será realizado na Colônia Iguaçu sexta-feira (19)
Padre e Diácono tomam posse na Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa e possuem muitos objetivos para a comunidade
IFTESAM convida para Aula Inaugural do Ano Letivo 2019

Os comentários estão fechados