O Rio Canoas é um dos rios que cortam São Mateus do Sul, e é motivo de preocupação para os moradores. (Fotos: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

Aconteceu na manhã desta sexta-feira (31), na Prefeitura Municipal de São Mateus do Sul, uma reunião com a Defesa Civil, juntamente com a participação de representantes de entidades do município. A pauta discutida na reunião e repassadas em uma coletiva de imprensa foram as fortes chuvas recorrentes dos últimos dias em São Mateus do Sul e região, que está gerando preocupação aos moradores por conta dos alagamentos.

De acordo com Luiz Adyr Gonçalves Pereira, Prefeito Municipal e Presidente da Defesa Civil, no momento a situação do município está controlada. “Estamos no nível 3.4 de chuvas. Quando passa dos 4, os riscos começam a aumentar”, explica. No momento há a relação de problemas eventuais como destelhamentos e aumento do volume de água no braço do Rio Canoas e na região da Colônia Cachoeira, prejudicando alguns moradores das proximidades. A Prefeitura Municipal enfatiza que está prestando todo apoio necessário para as famílias afetadas.

A equipe de Assistência Social informa que está arrecadando doações de roupas e demais produtos de utilidade para as famílias que perderam alguns de seus bens com as enxurradas. Para colaborar basta entrar em contato no telefone (42) 3912-7082. A equipe necessita principalmente de roupas masculinas.

A Defesa Civil informa que até o momento nenhum morador precisou sair de sua residência. “Caso alguma família precise ser retirada, a quadra de esportes da Escola Municipal Pedro Effco está preparada para receber os moradores afetados”, informa.

No momento, as aulas das escolas municipais e colégios estaduais não foram suspensas. O Corpo de Bombeiros salienta o cuidado com a segurança em tráfegos seguros, informando os moradores para que evitem se aproximar de enxurradas e pontes com riscos de quedas.

Em caso de emergência entre em contato no: 193 ou (41) 99226-3003.

Monitoramento do Rio Iguaçu

Segundo o último monitoramento realizado às 13h pela Copel no Rio Iguaçu em São Mateus do Sul, a vazão encontra-se com 276 m³, com a precipitação acumulada de 50 mm. A altura do Rio encontra-se com 3,383 metros.

São João do Triunfo

Foi divulgado na manhã desta sexta-feira (31), uma imagem da ponte do Rio da Vargem que liga os municípios de São João do Triunfo e Palmeira. Na imagem, a estrutura encontra-se com uma rachadura.

(Reprodução Redes Sociais)

De acordo com o Prefeito Municipal de São João do Triunfo, Abimael do Valle, uma equipe do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), se descolou até o local para verificar a intensidade da rachadura e prestar o atendimento preventivo necessário. As equipes estiveram no local realizando inspeção, constatando que a mesma está localizada sobre a junta de dilatação, ou seja, é uma trinca oriunda da movimentação dos tabuleiros da ponte. Portanto, esta trinca não traz riscos a estrutura da ponte. O DER – PR informou ainda que nesta data irá solicitar uma vistoria complementar do departamento de engenharia para a correção da trinca. Por fim, o tráfego de veículos segue sem interrupção.

A estrada que liga as comunidades de Poços e Barra Bonita – em São João do Triunfo – também transbordou. A Prefeitura informa às comunidades a importância de evitar passar pelo local por conta da segurança dos moradores.

BR-476 – Sentido Antonio Olinto

Um vídeo está circulando pelas redes sociais mostrando o trecho entre São Mateus do Sul e Antonio Olinto. Segundo as imagens, a pista possui um trecho de desnível próximo à uma ponte da localidade. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no momento a equipe encontra-se na localidade – BR 257 próximo ao trevo de Antonio Olinto – juntamente com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), atendendo o tráfego da região. A pista não está interditada.

WhatsApp Video 2019-05-31 at 14.04.45

União da Vitória

De acordo com a VVale, foram identificados no município 80 pontos de complicações que vão desde alagamentos causados por galerias entupidas ou sem vazão, até destelhamentos. No momento, segundo monitoramento realizado às 13h, o Rio Iguaçu passa dos 4,7 metros.

CHARGE:

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Empresários e moradores do Centro e Centro Comercial de São Mateus do Sul colaboram com a Oficina do Plano Diretor
Obras na BR-476 ganham pausa na próxima sexta por conta das festividades de fim de ano
Moradores das vilas Amaral e Pinheirinho criam grupos de WhatsApp para denunciar e evitar onda de furtos