Em São Mateus do Sul, a erva-mate sempre existiu em abundância. Em 1943, foi criada a Cooperativa dos Produtores do Mate Iguaçu Ltda. Localizava-se na Praça Flórido do Nascimento e possuía 1.500 associados. Era subordinada à Federação do Mate do Paraná com sede em Curitiba que congregava as cooperativas fazendo a exportação da erva mate.

A Iguamate recebia erva-mate cancheada de seus associados e a entregava à Federação para beneficiamento e comercialização, no mercado interno ou para exportação. A erva seguia para o Chile, Uruguai e Argentina, selecionando o tipo específico de preparo do produto de preferência em cada país. Exportava-se também para a Europa.

Havia um sistema de moagem, um soque da própria Iguamate, para consumo dos associados e também um armazém que atendia aos filiados e seus familiares. A fotografia em preto e branco mostra a fachada da sede. Vários cidadãos são-mateuenses contribuíram para a realização desse empreendimento. A data e a autoria da fotografia são desconhecidas.

Referências

FARAH, Audrey. São Mateus do Sul-100 anos. Curitiba: Arte,2012.

Por Hilda Jocele Digner Dalcomuni

Hilda Jocele Digner

Professora e historiadora.

Últimos posts por Hilda Jocele Digner (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Fotografia: 21 de setembro de 1908
ERVA-MATE: a nobreza verde
Fotografia do tiro de guerra são-mateuense