Artigo de Opinião

Gazeta Informativa: o melhor projeto que já coloquei em prática

(Imagem Ilustrativa)

Tudo começa pequeno e o crescimento só ocorre se nós permitirmos, ou seja, se tivermos motivação, alto desempenho, ação, coragem, conhecimento, qualidade, dedicação e determinação para correr atrás e alcançar os nossos sonhos e objetivos. Na vida, nada é fácil e nada vem de graça, por isso se não lutarmos, pelo que realmente queremos, o que parece difícil, se torna quase impossível.

Basta olhar e observar tudo o que está a nossa volta. As empresas e construções, as pessoas, os sentimentos, os relacionamentos, enfim, para que algo seja realmente grandioso, ele começa do zero e passa por diversos processos até alcançar o sucesso. Se você almeja sucesso em qualquer área da vida, é assim que deve encarar as coisas. É importante começar e ir desenvolvendo seus planos com uma base sólida. Se você tem em mãos algo novo para começar, dê valor a esse início, planeje cuidadosamente, trabalhe arduamente, tenha foco no que deseja e onde quer chegar, pois o início é a parte mais importante, e se for bem planejado, determinará a longividade do seu projeto. E lembre-se que o primeiro passo só depende de você, e esse passo chama-se atitude!

Agora você deve estar se perguntando aonde que eu quero chegar com tudo isso. Calma, você vai entender! Vamos lá…

Para que todos identifiquem a Gazeta Informativa – que completa 3 anos de existência no dia 5 de março – como uma mídia de qualidade, respeito, credibilidade, responsabilidade e compromissada com tudo o que faz, que é o que agrega valor a um jornal, é preciso que as pessoas envolvidas por trás de toda a execução do GI tenham bastante comprometimento, atitude e vontade de fazer e oferecer o melhor trabalho, buscando sempre sucesso e destaque. E é a tudo isso que eu me refiro e o que quero destacar neste editorial. Dar o pontapé inicial, e de modo eficiente, colocar a mão na massa, é uma das chaves para o sucesso. Se você não começar, não sabe se vai dar certo ou não. Fracassar é nunca ter tentado.

Há 3 anos, iniciei as atividades da Gazeta Informativa. Sonhei muito, planejei, acreditei e fiz acontecer. Já caí muitas vezes, porém me levantei. Em alguns momentos, errei e outros, acertei. E olha só, aqui estou, cada dia melhor e mais forte. O GI mudou a minha vida e de muitas outras pessoas para melhor. Me sinto realizada, mas sei que posso melhorar. Durante o tempo que eu permanecer nessa terra, batalharei e almejarei chegar cada vez mais longe, sempre com muita humildade, amor e fazendo a diferença na vida do próximo, assim como já faço, levando um jornal de qualidade com foco em histórias boas e incentivadoras para todos vocês. Meu jornal é um exemplo de sucesso e dedicação, e serve de inspiração para muitas pessoas, e isso eu afirmo com veracidade e satisfação, porque recebo diversas mensagens e retornos positivos sobre o jornal, principalmente sobre a forma de como os textos são elaborados, as pautas escolhidas, o layout gráfico e como o GI está sendo dirigido e administrado, o que me deixa lisonjeada e ainda mais motivada, com vontade de fazer coisas ainda melhores. Já as críticas quando são construtivas recebo de braços abertos, pois é um momento de reconhecer os erros e a oportunidade de trabalhar nisso e, consequentemente, de crescer como pessoa e profissional. E ninguém é perfeito, estamos em constante aperfeiçoamento.

Até o momento, a Gazeta Informativa foi o melhor projeto que já coloquei em prática em toda a minha vida, o qual me dá muito orgulho e faz os meus olhos brilharem quando falo dele, porque é um jornal independente feito com amor. O maior presente que alguém pode ganhar, é o reconhecimento das pessoas, sua admiração e seu agradecimento. E só conseguimos despertar estes sentimentos nas pessoas porque sempre procuramos fazer nosso trabalho cada dia melhor, superando desafios a todo momento.

Esta é uma edição muito especial, porque comemoramos a concretização de um sonho que se iniciou há 3 anos. Sempre desenvolvido com muito trabalho, a Gazeta Informativa nos levou a conhecer, entender, presenciar e fazer parte da história de muita gente. O jornal, é um documento histórico que contém os principais acontecimentos da nossa cidade e região, onde são gravados momentos de felicidade e também de descontentamento, incentivo, luta e concretizações, onde pensamentos e opiniões de muitas pessoas são transmitidos. Muitos nem imaginam como funciona o jornal, mas a nossa presença nas ruas, nos protestos, nos eventos e festas, nas reuniões e nos jogos de futebol, nas situações mais embaraçosas e nas mais alegres, fez com que muitos admirassem nosso trabalho e essa admiração só tem crescido.

Assumimos responsabilidades que muitas vezes nos abdicam dos momentos de lazer, nos tiram o sono, nos afastam de nossas camas quentinhas no inverno, ou até mesmo de nossas famílias e amigos, justamente por entender a importância de participar e noticiar os mais diversos acontecimentos que tem relevância para toda a população. Tudo o que fazemos é para que nossos leitores possam acompanhar o andamento das ações. Por isso, dedicamos nosso trabalho a vocês que sempre nos acompanham e a todos os nossos parceiros, que além de confiarem no jornal, anunciam e eternizam suas marcas nas páginas da Gazeta Informativa.

Para a nossa satisfação, um exemplar passa por muitas mãos. As pesquisas mostram que após a leitura, o jornal é repassado para colegas, vizinhos e parentes, o que chega a quintuplicar a sua circulação. Então, quero homenagear toda a minha excepcional equipe que compreende, filma, fotografa, escreve, produz, imprime, comercializa e distribui o GI.

Agradeço a todas as pessoas que se deslocam até os pontos de venda para adquirir seu exemplar do GI toda semana, além de todos os assinantes que recebem em sua casa ou trabalho, por isso que a marca da Gazeta Informativa está se consolidando cada vez mais no mercado.

Quero aplaudir o meu noivo Rafael Ribacz por aguentar-me e acalmar-me nos momentos mais difíceis, por oferecer atenção, conselhos e ideias criativas para que eu possa sempre tomar as melhores decisões e por me ajudar em tudo que preciso; cumprimentar o repórter Alexandre Müller que é uma pessoa “show de bola”, inteligente, carismático e que veste a camisa da empresa e está sempre disposto a oferecer o seu melhor, focando sempre em trazer a história da melhor forma possível; reverenciar a Cláudia Burdzinski, nossa repórter “fofinha” que, recentemente, chegou para melhorar ainda mais os trabalhos da Gazeta Informativa com seu profundo talento para o jornalismo e que também tem vestido a camisa da empresa com afinco e carinho; saudar Juarez Soares, o profissional responsável por entregar sob sol e chuva, com muita dedicação o exemplar da Gazeta Informativa para cada assinante, e reconhecer a colaboração de todas as outras pessoas envolvidas em todo o processo deste jornal.

Para finalizar, quero também deixar registrado minha gratidão a minha família por estar perto de mim, me apoiar e acreditar no meu potencial. Desejo profundamente que toda a equipe GI continue firme, com muita saúde e muitos anos de vida para podermos comemorar juntos os outros tantos aniversários do jornal que virão.

Últimos posts por Thaís Siqueira (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Aquela frase, “não adianta ir na missa todo domingo e matar o gato envenenado”
Já tive medo de falar
Tendências de trabalho entre os Baby Boomers, Geração X e Jovens Millennials