Administração e Negócios

Gestão sustentável nas empresas

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

As atividades empresariais possuem grande importância na economia. Entretanto essas atividades que ocorrem em todo os setores, geram vários tipos de impactos ambientais.

Foi a partir da preocupação com os danos causados ao meio ambiente que surgiu o conceito de sustentabilidade.

Como as necessidades humanas, sociais e econômicas precisam ser supridas, não se pode simplesmente impedir o funcionamento das empresas, então a sustentabilidade surge com o conceito de satisfazer as necessidades atuais, sem comprometer o futuro das próximas gerações.

Esse conceito que economicamente sugere a ideia do desenvolvimento sustentável, direcionou as empresas para a prática de gestão voltada ao uso inteligente dos recursos naturais, bem como controle total dos impactos ambientais decorrentes de suas atividades.

Assim surge a necessidade de implementação de uma política ambiental atrelada a objetivos ambientais bem definidos, como por exemplo, a diminuição dos resíduos sólidos gerados, redução das emissões de carbono na atmosfera e tratamento de efluentes.

O desdobramento dessa política juntamente com as ações definidas, permitem, não só o cumprimento das legislações ambientais aplicáveis, como a geração um fator de competitividade, onde as empresas agem para conquistar sempre um melhor desempenho ambiental.

As práticas sustentáveis podem ocorrer de várias maneiras, a exemplo da exploração de recursos vegetais de florestas e matas de forma controlada e com a devida provisão de replantio, preservação total das áreas verdes que não são destinadas a exploração econômica, ações que incentivem tanto a produção quando o consumo de alimentos orgânicos, e também a exploração de minerais de forma controlada, racionalizada e planejada.

Ainda existem outras ações que contribuem para o desenvolvimento sustentável, como o uso de fontes de energia limpas e renováveis, permitindo assim a redução do consumo de combustíveis fósseis, o que além de preservar as reservas de recursos naturais, diminui a poluição do ar.

A gestão sustentável, ou gestão ambiental, também envolve práticas que visam, eliminar o desperdício de matéria-prima, o desenvolvimento de novos produtos que demandem baixo consumo de energia e o consumo consciente e controlado de água.

Ademais, atitudes tomadas pelas pessoas que visem a redução, reutilização e reciclagem de resíduos sólidos, podem trazer reflexos positivos na sua disposição de renda.

O fato é que a gestão sustentável garante a médio e longo prazo uma condição favorável para o nosso planeta, permitindo assim o desenvolvimento das diversas formas de vida, inclusive a humana, sendo possível satisfazer as necessidades atuais e também garantir uma boa qualidade de vida para as futuras gerações.

Nos encontramos na próxima edição! Bons Negócios.

Últimos posts por Eleandro Soares (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
05 dicas para gerir um negócio
A importância das metas para os negócios
Alianças estratégicas