Esporte

Golaço de Solidariedade: Consulado do Coritiba de São Mateus do Sul completa 13 anos do tradicional jantar beneficente

Como tudo começou…

Motivados pelo intuito de reunir os torcedores do Coritiba de São Mateus do Sul, alguns amigos convocaram os Coxas Branca do município para uma reunião, regada a chimarrão na sombra do saudoso Vapor Pery, às margens do rio Iguaçu, dia 12 de outubro de 2002, data do 93º aniversário do Coritiba Foot Ball Club.

Dentre os vários torcedores presentes, destacamos: Jorge Ormianin Júnior, Geraldo Guimarães Muraski, Anderson Rodrigues, José Sultowski, Roseney Amazonas, Vitor Romério Nadolny, Eloy Kovalski que junto dos demais chegaram a conclusão de promover um jantar beneficente em prol ao Hospital e Maternidade Dr. Paulo Fortes, já no ano seguinte, alguns meses após o encontro. Logo após, torcedores e amigos seguiram em carreata pelas ruas são-mateuenses, diante de fogos e buzinasso comemorando a ideia e o aniversário do Alviverde Paranaense.

A data de 21 de Fevereiro de 2003 consagrou-se como marco deste importante evento em São Mateus do Sul. Uma bela noite de sexta-feira, no Salão Paroquial da Igreja São Mateus, cerca de 300 torcedores do Coritiba reuniram-se em prol a Solidariedade num jantar que foi destinado ao Hospital e Maternidade Dr. Paulo Fortes.

Em 2004, os organizadores tomaram a decisão de reverter a arrecadação do evento a outra instituição, no intuito de que a cada ano uma entidade de São Mateus do Sul seria beneficiada. Após analise e estudos junto dos torcedores e sócios do Coritiba, chegou-se a conclusão em firmar a parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE, que era presidida pelo Sr. Cesar Degraf e dirigida pela professora Izolde Mayer, que prontamente aceitaram o convite. O sucesso do evento levou aos jantares posteriores também serem revertidos a APAE de São Mateus do Sul.

A PARCERIA: CONSULADO X APAE

Ao longo de 10 anos o já tradicional Jantar dos Torcedores do Coritiba foi destinado a instituição que atende a crianças, adolescentes e adultos com deficiência Intelectual e Múltipla (cerca de 130 alunos). Uma parceria que foi além de apenas reverter a arrecadação a entidade. O Consulado Oficial de São Mateus do Sul e o clube Coritiba fizeram a diferença na vida destes munícipes são-mateuenses atendidos pela APAE e respectivamente às suas famílias.

Além dos jantares, foram Ações Entre Amigos em prol a APAE, visitas ao Couto Pereira com alunos, familiares e equipe de profissionais, muitos jogos assistidos em pleno Estádio Major Antônio Couto Pereira, os quais foram Pé Quente em todos os momentos. Foi promovida também a primeira vinda da Equipe de Futebol Americano – Coritiba Crocodilles, em uma partida oficial pelo campeonato Brasileiro da modalidade. Algo inédito em nossa região, o placar, 31×1 para os Crocodilos Alviverdes.

“Hoje, ao chegar na APAE de São Mateus do Sul, vemos que a maioria dos alunos da entidade reconhecem o trabalho do Consulado do Coritiba, muitos alunos que tornaram-se torcedores do Coxa, que tem camisas e demais itens do clube e vem nos recepcionar falando do CORITIBA”, afirma Alexandre Müller, vice cônsul do Coritiba em São Mateus do Sul.

Durante os dez anos, a parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais foi primorosa e de enorme aproveitando por parte da instituição que utilizou dos recursos adquiridos para investir na melhora da qualidade de vida e atendimentos prestados aos alunos e respectivamente as suas famílias. Colaborações em parte de: ampliações e aquisições estruturais, aquisição de materiais para atendimento, uniformes escolares, aquisição de veiculo para transporte dos alunos e vários outro benefícios.

SELEÇÃO COXA SAMAS E SELEÇÃO MASTER DO CORITIBA

No decorrer dos eventos do Consulado Oficial do Coritiba em São Mateus do Sul, a presença dos atletas, ex-jogadores do glorioso alviverde sempre foi constante e efetiva. Foram cinco presenças em nosso município, cinco jogos amistosos com a seleção de torcedores do Coxa e cinco vitórias a favor da experiência. O primeiro confronto foi em 2004, no Estádio Olívio Wolff do Amaral e a emoção dos presentes foi grande ao rever ao vivo, os ídolos que somente eram vistos pela televisão ou suas atuações narradas nas transmissões das rádios. Liderados pelo goleiro Jairo, Aladim, Toby, Marinho e demais os jogadores do Time Master do Coritiba goleou a seleção formada por amigos torcedores do Coritiba de São Mateus do Sul pelo placar de 12 x 02. O placar final, sempre foi o fator menos importante nos jogos amistosos. Afinal de contas, a emoção na participação de um jogo com os ídolos alviverdes é tão importante quanto a vitória.

A última presença da Seleção Coxa Master, foi em 2009 e o confronto se deu no Estádio do Clube União Vila Prohmann e a partida foi movida por inúmeros gols e lances inacreditáveis. “Quem estava lá, viveu aquele momento, pode explicar o que foi, palavras não podem definir essa oportunidade sem igual.”, afirma José Sultowski, técnico da equipe são-mateuense e membro do Consulado Coxa Samas.

O Consulado Coxa Samas também possui uma Seleção de Sócios Torcedores do Coritiba, time este que já disputou inúmeros jogos amistosos em diversos municípios e cidades que existam outros consulados. “O objetivo principal é levar o nome do clube, através do consulado seja onde estivermos da melhor forma possível.” Afirma Anderson Rodrigues, membro do Consulado. Com o intuito de interagir e propagar a imagem do Coritiba, a seleção promove os jogos amistosos da seguinte forma: ida e volta e após organizam um delicioso almoço ou jantar, relata Jorge Ormianin Júnior.

MUSA DOS TORCEDORES DO CORITIBA E MASCOTINHOS OFICIAIS

Em 2009, em comemoração ao Centenário do Coritiba Foot Ball Club, o Consulado Coxa Samas promoveu a primeira edição do concurso: Musa COXA SAMAS, com o intuito de eleger a Musa que representaria os torcedores em São Mateus do Sul e região, compreendendo os municípios de São Mateus do Sul, Antonio Olinto e São João do Triunfo, cidades coirmãs. A representatividade da beleza e do carisma das mulheres de nossa região e em especial das torcedoras do Coritiba.

Na primeira edição, a musa escolhida pelo corpo de jurados, compostos por membros do clube foi a Eterna Musa Caroline Gralaki, que em 2009 era funcionária da APAE de São Mateus do Sul.

• 2009 – Caroline Gralaki;
• 2010 – Josiane Cordeiro;
• 2011 – Thays Silveira;
• 2012 – Ana Carolina Prohmann;
• 2013 – Bianca Samways Przyvitowski;
• 2014 – Heloisa Fayad Ferri.

Em 2012, tendo em vista a valorização da numerosa participação e presença de crianças nos eventos do Consulado, principalmente o Jantar dos Torcedores do Coritiba, foi criado o Concurso: Mascotinho Oficial dos Torcedores do Coritiba de São Mateus do Sul e teve seu primeiro Mascotinho Oficial o pequeno torcedor coxa branca Mateus Nadolny, até então, mais novo membro da família Nadolny, composta em quase sua totalidade de torcedores do Coritiba.

• 2012 – Mateus Nadolny (Filho de Mauricio Trais e Gabriele Nadolny);
• 2013 – Daniela Ashley Mendes (Filha de Willian Mendes e Brenda Chaves – São João do Triunfo);
• 2014 – Lívia Mel (Filha de Diego Henrique Santos e Fernanda Pinheiro Maciel).

13º JANTAR DOS TORCEDORES DO CORITIBA

Ao chegar a 13ª edição de forma consecutiva, o Jantar dos Torcedores do Coritiba é um dos principais eventos em São Mateus do Sul, além de possuir caráter beneficente, é um dos únicos eventos que une torcedores de um time de futebol em prol a solidariedade no mundo. Reunindo cerca de 700 torcedores anualmente, o evento em 2015 é destinado ao LAR SÃO MATEUS, fundada em 07 de dezembro de 1971, através da iniciativa de pessoas da sociedade, com o objetivo de atender a velhice desamparada, funcionando em um prédio cedido pelo Hospital e Maternidade Dr. Paulo Fortes, proporcionando sentimentos de fraternidade para os menos favorecidos. Em 25 de abril de 1977 teve o término de suas atividades por falta de pessoas idosas a serem atendidas, passando do atendimento ao bem estar da criança, caracterizando a primeira creche do município.

Em 2010, adequando-se as exigências legais, passou a atender exclusivamente a faixa etária de 5 a 10 anos em contra turno social caracterizando-se como a única instituição do município a prestar este tipo de atendimento.

O Lar São Mateus tem como finalidade o desenvolvimento de ações de proteção social básica, através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, tendo por foco a constituição de espaço de convivência, formação para a participação e cidadania, desenvolvimento do protagonismo e da autonomia das crianças, a partir dos interesses, demandas e potencialidades da faixa etária de 05 a 10 anos de idade.

Prevenindo e protegendo as crianças que encontram-se em situação de risco social, no período de contra turno social, oportunizando vivências diferenciadas, hábitos saudáveis, trabalhando e resgatando a auto estima, ações voltadas a atividades preventivas, através de oficinas pedagógicas divididas em informática, literatura, artes cênicas (recreação e dança) e artes plásticas, com atividades dinâmicas. Buscando o desenvolvimento da criança nos aspectos cognitivo e motor, de forma diferenciada, procurando estimular a frequência escolar.

Oferece alimentação e higiene além do reforço escolar auxiliando aqueles com dificuldade de aprendizagem, visando sua proteção, socialização e ampliando trocas culturais de vivências, buscando o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários.

Leia mais:
 13º Jantar dos Torcedores do Coritiba acontece dia 14 de novembro; conheça os candidatos a musa e mascotinho

Últimos posts por Thaís Siqueira (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
São Mateus do Sul sedia os Jogos da Juventude do Paraná
São Mateus Futsal estreia no Campeonato Paranaense de Futsal Série Bronze sábado (20)
1º Campeonato de Tênis de Mesa é realizado em São Mateus do Sul