Policial

Grave acidente na BR-476 mata duas pessoas

(Foto: Thaís Siqueira)

Na madrugada deste sábado, 14, por volta das 05h35 aconteceu um grave acidente no Km 283 da BR-476, próximo a Ervateira Baldo, em São Mateus do Sul. O acidente envolveu dois veículos, um ônibus com placa de Caçador/SC, que seguia sentido União da Vitória e o veículo Astra, placa de São Mateus do Sul, que realizava o percurso inverso. De acordo com os bombeiros, o condutor do Astra perdeu o controle da direção, invadiu a pista contrária e atingiu frontalmente o ônibus.

(Foto: Divulgação)

Os dois ocupantes do Astra morreram no local do acidente. Sendo eles Luiz José Pereira Zarzyck, 38 anos e Alessandro Moreira Gonçalves, 20 anos. Os corpos foram encaminhados para o IML de União da Vitória.

No ônibus que seguia para São Leopoldo (RS), haviam 41 passageiros, somente danos materiais foram registrados, os passageiros, incluindo o motorista, Claudeomiro Lima da Silva saíram ilesos.

(Foto: Divulgação)


Luiz José Pereira Zarzyck

Luis tinha 38 anos, era de São Mateus do Sul, recém-separado da mulher, não tinha filhos e era funcionário público, motorista da saúde. Ele acompanhava viagens para hospitais de Curitiba. Segundo relatos de sua amiga, Marcia Popenda, ele era um homem que sempre ajudava todos, principalmente as pessoas mais carentes de informações. “Ele se preocupava muito para retornar com todos pacientes em uma viagem tranquila. Ele ia todos os dias para Curitiba às 4 da manhã, muitas vezes o ônibus chegava as 22 horas em São Mateus e no outro dia ele estava firme para mais uma nova viagem. Nunca reclamava da vida, sempre dizendo: ‘Vamos viver hoje, porque amanhã não sabemos se estaremos aqui’. Era uma pessoa simples, querida e muito amável”, diz Marcia.

(Foto: Divulgação)


Alessandro Moreira Gonçalves
O sãomateuense tinha 20 anos e estava de aniversário justamente no dia que acabou falecendo em decorrência do acidente. Segundo informações da família, ele gostava muito das tradições gaúchas, era festeiro e ir em bailes era a sua maior alegria. Para Leonilda Mayer, que namorava Alessandro há três meses, ele era um grande companheiro. “Para definir ele como pessoa, não precisa de muitas palavras, era um grande homem com um coração enorme. Ele me fez muito feliz em tão pouco tempo, jamais vou esquecê-lo”, finaliza Leonilda.

Por Thaís Siqueira / Gazeta Informativa

Redação do jornal Gazeta Informativa

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Ciclista fica ferido ao colidir com carreta em São Mateus do Sul na BR-476
Homem mata ex-companheira a facadas e gera revolta na população são-mateuense
São-mateuense morre em acidente em Antonio Olinto

Deixe seu comentário

*