Conheça o trabalho desenvolvido pela Pastoral da Pessoa Idosa, da Paróquia São Mateus. (Fotos: Acervo Pessoal)

Estando em São Mateus do Sul desde maio de 2006, na Paróquia São Mateus, a Pastoral da Pessoa Idosa (PPI), foi criada com o objetivo de acompanhar a pessoa idosa em visitas a domicílio mensalmente, assegurando a dignidade e a valorização integral, através da promoção humana e espiritual.

De acordo com Dionete Nadolny, coordenadora da PPI em São Mateus do Sul, as líderes realizam o trabalho voluntário de visitas para acompanhar a saúde do idoso e ver como anda o tratamento com os familiares e cuidadores. “Realizamos uma série de perguntas, tanto para a pessoa quanto para quem cuida, deixando toda a conversa em sigilo”, conta Dionete. Ao todo, o grupo conta com 18 líderes e todas as pessoas que se sentirem à vontade, podem estar participando do trabalho voluntário.

“Nossos encontros são realizados sempre na última quinta-feira do mês, e durante a reunião, fazemos a leitura do Evangelho e rapidamente conversamos sobre a abordagem orante do texto bíblico. Temos o momento para preenchermos os relatórios de visitas das líderes que é enviado para a equipe diocesana. Encerramos nosso encontro com um lanche, para confraternizarmos o momento”, explica Dionente.

A PPI é um organismo ligado a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e conhece de perto a realidade dos idosos do Brasil inteiro. A Pastoral busca melhorar a qualidade de vida do idoso, respeitando seus direitos por um processo educativo integrado a sua família e a comunidade. Com a formação de redes comunitárias de líderes voluntários que multiplicam o saber e a solidariedade fraterna. A PPI já tem mais de 10 anos de fundação, por iniciativa de Zilda Arns Neumann.

De acordo com a CNBB, a Pastoral tem por metodologia a prática de Jesus. “A leitura de Marcos 6,34-44 trata da multiplicação de dois peixes e cinco pães, onde o Mestre dá autonomia às lideranças, recomendando que se dividissem em grupos e servisse a multidão. A PPI, também identifica as lideranças no meio da comunidade e as envia em missão dois a dois depois de passarem por capacitação adequada”, informam.

O grupo utiliza dos meios de comunicação, como jornal, rádio e redes sociais para incentivarem mais pessoa à somarem a equipe. “Os interessados em participar podem deixar o nome na secretaria da Paróquia São Mateus, localizada na Avenida Ozy Mendonça de Lima, 256, Centro de São Mateus do Sul. O Papa Francisco nos orienta, enfatizando que ‘cada vez que vamos ao encontro de um irmão ou de uma irmã em necessidade, estamos tocando a carne sofredora de Cristo’”, convida Dionete. Mais informações no contato (42) 3532-1465.

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
A originalidade da arquitetura são-mateuense – Parte VI
O jornal é uma excelente opção para enaltecer seu negócio
Pai, filha e a proteção de mãe
1 Comentário
  • Gierek Taimi
    3 de junho de 2019 at 14:38

    Situated to the south of the state, distant 140 kilometers of Curitiba, the capital city of Sao Mateus do Sul stands out in the industrial area, by usina shale of Petrobras, an inexhaustible source of energy inputs and raw materials (oil, naphtha, industrial gas and sulfur) for the most diverse sectors of the industry and for the production of ceramic tiles of high quality, produced by Incepa.

    ———-

    Situada ao sul do estado, distante 140 quilômetros de Curitiba, a capital São Mateus do Sul se destaca na área industrial, por usina xisto da Petrobras, uma fonte inesgotável de insumos energéticos e matérias-primas (petróleo, nafta, industrial gás e enxofre) para os mais diversos setores da indústria e para a produção de revestimentos cerâmicos de alta qualidade, produzidos pela Incepa.

Deixe seu comentário

*