(Fotos: Edinei Cruz/PORTAL RDX)

São Mateus do Sul já é reconhecida por ser a Capital Polonesa do Paraná, terra da erva-mate e poderia ainda ser considerada, de forma oficial, a cidade mais fria do Paraná, se não fosse por um pequeno detalhe: a falta de manutenção dos instrumentos da estação meteorológica que afere as mudanças climáticas e atmosféricas de São Mateus do Sul, instalado na Casa Familiar Rural, na Colônia Taquaral.

Como já divulgado em julho de 2021, o problema na estação do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), tem afetado a medição da temperatura, prejudicando a divulgação de dados oficiais, já que o equipamento serve de base para divulgação de dados do Simepar.

O município, que é considerado a Capital Polonesa do Paraná, através de um título entregue também no ano passado, também poderia ser reconhecido por ser uma das cidades mais frias do Paraná, o que fortaleceria no turismo local.

Em julho do ano passado, uma equipe do INMET informou que os trabalhos de reparos haviam sido paralisados, por conta da pandemia da covid-19, e que a previsão era de que em setembro, os profissionais voltassem a campo. No entanto, já estamos no mês de maio, e nada foi feito até o momento.

Na tarde de segunda-feira (16), a reportagem da RDX entrou em contato com o INMET em Brasília, que solicitou que fosse enviado um ofício, relatando sobre a situação. No anexo, foram apresentadas diversas matérias de portais como g1 e Gazeta do Povo e do Portal RDX, que destacavam São Mateus do Sul como uma das mais frias do estado, enquanto o equipamento estava em funcionamento.

Fortalecimento turístico

A RDX FM acredita que com o funcionamento correto desses equipamentos, São Mateus do Sul pode voltar a ser destaque estadual e nacional, fortalecendo o nome como cidade turística para os apaixonados pelo frio, como São Joaquim (SC) e Gramado (RS).

Confira a nota enviada pelo INMET à RDX

Prezados da RDX FM, boa tarde.
Refiro-me ao pedido de conserto de equipamento da estação meteorológica automática do INMET em São Mateus do Sul-PR.
Esclarecemos que, em virtude das restrições impostas pela pandemia da Covid-19, limitações orçamentárias e o reduzido número de pessoal técnico, as manutenções preventivas e corretivas da rede de estações ficaram prejudicadas em todo o Brasil no ano que passou. Contudo, no final de 2021 foi iniciado o Plano de Recuperação da Rede de Estações, e diversas unidades estão retornando aos padrões adequados de funcionamento em 2022.
Informamos que a estação automática, localizada em São Mateus do Sul–Paraná está relacionada no Plano de Recuperação e receberá a visita do técnico de manutenção para a reativação da unidade no mais breve possível.

Cordialmente,
Mozar de Araújo Salvador
Meteorologista – Assistente Técnico da Direção
Brasília – DF

Com informações de Edinei Cruz/Portal RDX

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Alistamento militar obrigatório deve ser feito diretamente pela internet
Grande arrecadação de lixo eletrônico
Conheça mais sobre o PRONAS/PCD e os projetos já concretizados através da atuação da Apae são-mateuense junto ao Programa