Meio Ambiente, Química, Agronegócio, Segurança do Trabalho e Formação de Docentes são ofertados pela instituição. As inscrições serão feitas até o dia 11 de outubro no Colégio Estadual São Mateus. (Foto: Acervo Gazeta Informativa)

Inicia nesta segunda-feira (30) e irá até o dia 11 de outubro as inscrições para os cursos técnicos do Colégio Estadual São Mateus (CESM). Ao todo, o Colégio oferta cinco cursos técnicos para a comunidade, nas modalidades integrado e subsequente.

Para a efetivação das inscrições, deverão ser levados RG, CPF, Certidão de Nascimento ou Casamento, Comprovante de Rendimento Familiar; Cartão NIS (Benefícios dos Programas Federais); Histórico escolar do 9º ou Ficha Individual do 6º ao 9º – para cursos integrados; Histórico escolar do Ensino Médio para os alunos dos cursos subsequentes.

“É um privilégio para toda a nossa equipe disponibilizar cursos que colaborem para a formação cidadã de nossa comunidade. Todos estão convidados para conhecerem de perto nossas instalações e cursos”, convida a equipe.

O Colégio Estadual São Mateus está localizado na Rua Doutor Paulo Fortes, 422. Contato no telefone (42) 3532-4010. As inscrições serão realizadas nos seguintes horário: manhã das 8h às 11h30; tarde das 13h às 16h30; e noite das 19h às 22h.

Técnico em Meio Ambiente

Detém conhecimentos científicos-tecnológicos que lhe permitem participar de forma consciente na sociedade e no mundo do trabalho. Coleta, armazena e interpreta informações, dados e documentações ambientais. Colabora na elaboração de laudos, relatórios e estudos ambientais. Auxilia na elaboração, acompanhamento e execução de sistemas de gestão ambiental.

Atua na organização de programas de educação ambiental, de conservação e preservação de recursos naturais, de redução, reuso e reciclagem. Identifica as intervenções ambientais, analisa suas consequências e operacionaliza a execução de ações para preservação, conservação, otimização, minimização e remediação dos seus efeitos.

Este profissional poderá atuar de forma autônoma nos limites de sua responsabilidade técnica junto à: Companhia de Água e Esgoto; Fundação de Saúde; Indústrias consumidoras de água bruta; Farmácia de manipulação; Hospitais ou Clínicas, Laboratórios; Organizações Estaduais do Meio Ambiente); Unidades de Conservação (parques e reservas (OEMAS); Apoio de atividades ligadas à Educação Ambiental em Instituições de Ensino. Duração do curso: integrado – 4 anos; subsequente – 1 ano e meio.

Técnico em Química

Possui conhecimentos científicos, tecnológicos e sócio-históricos relevantes produzidos pela humanidade. Compreende o processo de produção, utiliza as diferentes linguagens de expressão e comunicação, de forma a intervir na realidade do trabalho, nas relações sociais amplas, com autonomia intelectual e moral, para o agir crítico e transformador.

Atua no planejamento, coordenação, operação e controle dos processos industriais e equipamentos nos processos produtivos. Planeja e coordena os processos laboratoriais. Realiza amostragens, análises químicas, físico-químicas e microbiológicas. Realiza vendas e assistência técnica na aplicação de equipamentos e produtos químicos.

Participa no desenvolvimento de produtos e validação de métodos. Atua com responsabilidade ambiental e em conformidade com as normas técnicas, as normas de qualidade e de boas práticas de manufatura e de segurança. Duração do curso: integrado – 4 anos; subsequente – 2 anos.

Técnico em Agronegócio

Se você tem interesse em se qualificar para atuar em negócios agrícolas, o curso técnico em agronegócios é uma ótima escolha. O técnico em agronegócio é um profissional especializado na execução de procedimentos de gestão do agronegócio, que planeja e auxilia na organização e controle das atividades de gestão do agronegócio. Sua atuação não se limita aos processos internos de uma propriedade, podendo trabalhar em empresas comerciais, estabelecimentos agroindustriais, serviços de assistência técnica, extensão rural e pesquisa.

Atuando como parceiro do produtor rural, por meio de técnicas inovadoras e sustentáveis, na conquista da produtividade e lucratividade, com visão empreendedora para a melhoria da qualidade de vida do meio rural.
O curso forma profissionais para a gestão de negócios na área, podendo coordenar a produção, o armazenamento e a comercialização dos produtos agrícolas e derivados, avaliando custos de produção e a viabilidade econômica de qualquer atividade das diversas cadeias produtivas do setor.A grande vantagem do curso é a alta empregabilidade após formado, visto que o agronegócio é um mercado que não para de crescer e que, atualmente é o carro-chefe da economia brasileira. O curso é oferecido nas modalidades integrado (4 anos) e subsequente (1 ano e meio), no período noturno.

Técnico em Segurança do Trabalho

Devido ao aumento de número de trabalhadores e da vigência de legislação cada vez mais rigorosas com relação ao bem estar dos funcionários dentro da empresa é também crescente a contratação de profissionais capacitados para desenvolver programas de manutenção e prevenção da saúde das pessoas durante suas rotinas de trabalho. Trata-se de um profissional que elabora e executa programas de prevenção de acidentes nas empresas, precisa traçar planos para garantir a saúde dos funcionários contra doenças. Deve esclarecer sobre a importância da higiene, da relação respeitosa com o meio ambiente e sobre como os equipamentos de proteção individual ou coletivos devem ser usados.

Assim, qualquer empresa de pequeno ou grande porte, seja pública ou privada, pode contratar um técnico de Segurança do Trabalho. No entanto, as principais oportunidades que percebemos hoje estão concentradas em empresas com muitos funcionários onde a execução das funções envolvem algum grau de risco à saúde dos colaboradores. Portanto, podemos citar: fábricas, indústrias variadas, construção civil, agroindústrias, mercados, estabelecimentos comercias, são estes os locais que geralmente empregam este tipo de profissional. O técnico também pode encontrar vagas de trabalho em fabricantes de equipamentos de segurança e também em sindicatos. Duração do curso: apenas subsequente – 1 ano e meio.

Formação de Docentes

Normal em nível médio, possibilita formação docente para atuação na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. De acordo com a LDB 9394/96 (art. 13, III) a função social do(a) professor(a) “é zelar, no contexto do dever do Estado pela educação escolar, pelo exercício do direito de aprender de cada aluno.” Nesse caso, o Curso deve formar profissionais autônomos, capazes de investigar os problemas que se colocam no cotidiano da escola, assim como utilizar os conhecimentos apreendidos no sentido de analisar e avaliar os novos paradigmas do conhecer.

Assim, o conhecimento escolar é o núcleo fundamental da práxis pedagógica do(a) professor(a). E é no contexto histórico e social que as possibilidades de exercer seu papel emancipador se explicitam, contribuindo para o processo da transformação social. Ao final do curso o estudante estará apto para atuar na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Duração: integrado – 4 anos.

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Sesi Cultura promove o Fandango Caiçara em São Mateus do Sul
3ª reportagem da série “O Desabafo do Professor”
Com “Má Conduta”, escritor são-mateuense cresce na cena literária paranaense

Deixe seu comentário

*