Cidade

Instituto Histórico comemora dois anos com posse das primeiras cadeiras

Fotos: Divulgação

O Instituto Histórico e Geográfico de São Mateus do Sul comemorou em grande estilo, no sábado (17/12), o aniversário de dois anos de fundação da instituição.

O evento foi realizado no auditório do Centro da Juventude, na vila Buaski, que ficou lotado para a cerimônia comemorativa do aniversário. Na oportunidade o Instituto celebrou ainda os 163 anos de emancipação política do estado do Paraná, além de dar posse às duas primeiras cadeiras da instituição.

O IHG/SMS foi fundado no dia 19 de dezembro de 2014, após uma série de reuniões preparatórias da qual participaram várias pessoas interessadas pela história e geografia de São Mateus do Sul.

Participaram da cerimônia o Diretor do Departamento de Cultura Helington Lugarini, que representou o Prefeito Clóvis Ledur, ausente em razão de problemas de saúde na família, o presidente da Câmara vereador Eneias Melniski e o presidente do Sindipetro Rui Rossetin. Também registraram presença o presidente da BRASPOL Sandro Zimny Vitonski, o presidente do Rotary São Mateus Paulo Ulbrich, o diretor do Grupo Karolinka Írio Janoski e os vereadores eleitos Nereu Dal-Lago, Marta Centa e Eduardo Pedroni, além de membros do Instituto e muitas pessoas da sociedade local.

Em seu discurso oficial em nome do IHG/SMS, o presidente, professor Mário Deina relatou as atividades já desenvolvidas em dois anos, como chancela ao Projeto Dois Minutos de História e análise prévia e chancela ao livro O Imortal Coronel Bodziak, além de participação no projeto de estudo das árvores da cidade desenvolvido pela Secretaria do Meio Ambiente e elaboração do Projeto de Capacitação a professores de história e geografia, com apoio do governo do Paraná através do Núcleo Regional de Educação.

O presidente destacou a importância do corpo técnico do Instituto, composto por doutores, mestres, mestrandos, bacharéis e acadêmicos de diversas áreas, o que evidencia a transversalidade das ações, a capacidade técnica para elaboração e execução de projetos de pesquisa e a credibilidade necessária a instituições dessa natureza.

Deina ainda agradeceu em seu discurso à Prefeitura e Câmara de Vereadores pelo apoio institucional para a criação do IHG/SMS, há dois anos, afirmando que esse apoio foi fundamental para o nascimento do Instituto e continua sendo importante para a consolidação da instituição. Agradecimentos foram dirigidos ainda à imprensa local e a instituições e pessoas que tem colaborado com o Instituto.

POSSE DE CADEIRAS

No evento de aniversário o IHG/SMS deu posse às duas primeiras cadeiras, que passaram a ser ocupadas pelo pesquisador Gerson Cesar Souza e pela professora doutora Alcimara Aparecida Foetsch (UNESPAR).

As cadeiras são espaços vitalícios de pesquisa e cada uma leva o nome de uma personalidade histórica do município, sendo que o candidato após eleito precisa realizar uma pesquisa sobre a vida e obra do personagem, a qual deve ser entregue ao Instituto e o titular deve apresentar publicamente a pesquisa (defesa pública) para então ser empossado na cadeira.

Gerson Souza que tomou posse na cadeira número um, denominada Cadeira Roberto Angewicz e Alcimara Foetsch que foi empossada na cadeira número dois, denominada Cadeira Monge João Maria, apresentaram suas pesquisas, as quais despertaram muito interesse dos presentes, trazendo ao conhecimento da sociedade local aspectos desconhecidos ainda desses dois personagens.

A trajetória de Roberto Angewicz (o Perna de Pau), um dos pioneiros da industrialização do xisto em São Mateus do Sul mostrou o perfil e história de um homem que apesar de sua pouca instrução formal se tornou uma personalidade nacional ao produzir derivados de xisto, especialmente gasolina e óleo combustível, numa época em que o Brasil ainda importava quase todo o petróleo de que necessitava.

Já as passagens do Monge João Maria (São João Maria, no imaginário popular) por São Mateus do Sul, foram abordadas pela professora Alcimara Foetsch, numa apresentação repleta de locais sagrados, cruzes, fontes de águas santas e os impressionantes “cemitérios de anjos”, despertando muita curiosidade nos presentes.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Manifestação é feita em trecho da BR-476
Legislação determina que ciclistas e pedestres que não cumprirem as regras sejam multados
Observatório Social está sendo desenvolvido no município