(Reprodução Redes Sociais)

O jornalista Paulo Henrique Amorim morreu na manhã desta quarta-feira (10) em sua casa, no Rio de Janeiro, vítima de um infarto fulminante. Seu último trabalho havia sido no Domingo Espetacular, da Record. Paulo Henrique era carioca e seu primeiro emprego foi no jornal A Noite, da capital fluminense, em 1961.

Ele ficou nacionalmente conhecido após começar na televisão, principalmente durante sua passagem pela Rede Globo e pela Record. Além disso, ele foi correspondente em Nova York da revista Realidade e, depois, da revista Veja. Amorim deixa a mulher, Geórgia Pinheiro, e uma filha.

Fonte: Metrópole

Redação do jornal Gazeta Informativa

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Doação em vida: são-mateuenses comemoram o sucesso de 3 anos de transplante renal
Novos rumos e acesso ao comando estadual
Movimento católico do Terço dos Homens cresce cada vez mais em São Mateus do Sul

Deixe seu comentário

*