Educação e Cultura

Jovens são-mateuenses embarcam para a Polônia em busca de aprimoramento cultural

Jovens fazem o trajeto contrário de seus antepassados que vieram da Polônia colonizar nossa cidade no século passado. Agora para buscar conhecimento e repassar a comunidade polônica são-mateuense. (Foto: Thaís Siqueira/Gazeta Informativa)

Edwin Victor Hoffmann Vavenchach, filho de Edenir Vavenchach e Vilma Hoffmann, e Yago Estéfano Santos Kotrich, filho de Wilceu Kotrich e Julice Aparecida dos Santos, ambos com 17 anos, foram selecionados para participar de uma estada educativa na Polônia entre os dias 9 a 24 de agosto do corrente ano. O projeto denominado “Akademia Liderska” (Academia de Líderes) corresponde a promoção de intercâmbio educativo e cultural promovido pela representação central da comunidade brasileira polonesa do Brasil – Braspol Núcleo de Nova Prata – RS, em cooperação com a organização não governamental “Wspólnota Polska”.

De acordo com o presidente da Braspol, núcleo de São Mateus do Sul, Sandro Zimny Vitonski “esta é uma oportunidade em que jovens brasileiros de origem polonesa poderão, através de estada educativa, conhecer a terra de seus ancestrais, bem como receberão treinamento para atuação cidadã, em suas comunidades de origem.”

Os adolescentes embarcaram na manhã desta quarta-feira (9) e chegaram ao destino final, na Varsóvia, na madrugada de quinta-feira (10), onde se unirão a outras dezenas de jovens como eles, em busca de conhecimento. Em suas bagagens, Edwin e Yago levam além de cuia, bomba e erva-mate, muita disposição e altruísmo para encarar quinze dias na terra onde os avós de seus avós nasceram e deram origem às suas famílias.

Diante o apoio de familiares, amigos e da diretoria da Braspol, os jovens estão de “peito aberto”, afirma Edwin que relata saber a língua oficial do país, o polonês, o suficiente para obter as informações necessárias e alcançar êxito na missão a eles confiada.

Na terça-feira (8), os jovens foram entrevistados na segunda edição do programa Gi Entrevista que é realizado, esporadicamente, ao vivo, na página da Gazeta Informativa no Facebook. Quando os jovens retornarem, estarão novamente presentes no jornal relatando quais aventuras vivenciaram na Polônia.

Colaborador

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
32 Professores do Núcleo Regional de Educação de União da Vitória concluem o Programa de Desenvolvimento Educacional – PDE
Com Baile da Polka, Grupo Karolinka resgata tradição de dança popular polonesa
Inscrições abertas para o Programa Bom Negócio Paraná em São Mateus do Sul

Os comentários estão fechados