Arquitetura, Urbanismo e Design

Lâmpadas – Tipos e diferenças

Podemos obter economia de energia elétrica escolhendo o tipo certo de lâmpada.

Podemos obter economia de energia elétrica escolhendo o tipo certo de lâmpada.

Existem vários modelos de lâmpadas disponíveis no mercado, cada uma com suas características de custo e consumo. Sabendo escolher a lâmpada correta para determinado ambiente podemos evitar desperdícios, reduzir o consumo e consequentemente obter economia na conta de energia elétrica. Conhecendo e compreendendo a diferença entre elas, podemos escolher a melhor lâmpada para nossa casa.

Vamos ver as diferenças entre as lâmpadas incandescentes comuns e halógenas, lâmpadas fluorescentes tubulares e compactas e as lâmpadas de led, destacando seu consumo e econômica.

Lâmpadas Incandescentes (comum): A lâmpada incandescente funciona transformando a energia elétrica em energia luminosa e energia térmica através do efeito Joule, é uma lâmpada barata, porém nada econômica, ela produz 5% luz e 95% calor. Muito utilizada em salas, quartos e banheiro, pois é uma luz quente e traz sensação de aconchego. Porém, devido ao seu alto consumo, essas lâmpadas não serão mais fabricadas.

As lâmpadas de 100W e 75W: não são comercializadas desde junho de 2014, as de 60W desde julho de 2015 e as de 25W e 40W deixarão de ser comercializadas em julho de 2016. Lâmpadas Halógenas: É uma lâmpada incandescente com filamento de tungstênio e que substitui as incandescentes comuns em qualquer ambiente da casa. Seus componentes aumentam a qualidade de ação do produto. Essa lâmpada é cerca de 30% mais econômica que a incandescente comum. Sua vida útil é de aproximadamente 4 mil horas.

Lâmpadas Fluorescentes: A fluorescente tubular possuí economia de 80% e uma vida útil de até 7.500 horas. As fluorescentes tubulares necessitam de um reator, funciona como uma lâmpada de descarga, onde seu revestimento de pó fluorescente é transformado em luz após o disparo elétrico.

As fluorescentes compactas já possuem um reator incorporado a sua base e também tem economia de 80%. Seu uso pode ser em salas, quartos e banheiros e sua vida útil é de até 10.000 horas.

Lâmpadas de Led: O led nada mais que um componente eletrônico semicondutor, que convertem energia em luz, ou seja, um diodo emissor de luz (Light Emitter Diode – LED). As lâmpadas de led possuem uma economia de 85% em relação as demais lâmpadas. Seu custo é mais caro, porém seu custo x benefício aumenta, afinal é muito mais econômica e possui cerca de 30.000 horas de vida útil. Podemos usar essa lâmpada em quartos, banheiros, além de usá-la na parte decorativa como luz direcionável e etc.

Conhecendo os tipos de lâmpadas podemos escolher a melhor opção para aplicação em cada ambiente.

Rafael Ribacz Ramos

Rafael é formado em Arquitetura e Urbanismo, pelo Centro Universitário de União da Vitória - UNIUV. Além de atuar na área de arquitetura e urbanismo, também ministra diversos cursos na área de informática e tem como hobbies o web design (criação de sites) e as artes gráficas. WhatsApp: (42) 8816-8104. E-mail: contato@ribacz.arq.br

Últimos posts por Rafael Ribacz Ramos (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Vazios Urbanos e IPTU Progressivo
Construção Energitérmica Sustentável – Light Steel Framing
A importância da orientação solar na arquitetura