Cidade

Lei que proibia o uso de celulares nas agências bancárias de São Mateus do Sul é revogada

Após a aprovação por parte dos vereadores de São Mateus do Sul, a lei nº 2.761/2017 foi encaminhada ao poder executivo municipal a fim de passar por análise e consequentemente aprovação ou indeferimento da mesma. Após o prazo de 15 dias, solicitado pelo prefeito municipal Luiz Adyr Gonçalves Pereira, para analisar o conteúdo e viabilização jurídica, o projeto não teve resposta por parte do gestor municipal e retornou à casa de leis, onde o presidente e autor do projeto, vereador Nereu Edmundo Dal Lago, sancionou e promulgou a seguinte lei: art. 1º – Fica revogada a lei nº 2.023/2011 que proíbe o uso de telefone móvel (celulares) nas agências bancária de São Mateus do Sul.

A lei nº 2.761/2017 foi sancionada pelo presidente do legislativo municipal no dia 29 de junho de 2017 e a partir desta data, passa-se a ser autorizado o uso destes aparelhos em todas as agências bancárias e outros estabelecimentos que proibiam sua utilização dentro de seus espaços físicos.

Na edição nº 115 de 09/06 da Gazeta Informativa, já elucidávamos a possível aprovação da lei e na matéria completa trouxemos os pontos positivos apresentados pela câmara e pela gerência do Banco do Brasil, enaltecendo o vasto avanço na sanção da referida lei aos munícipes e usuários de todas as agências bancarias do município.

De acordo com o gerente geral da agência do Banco do Brasil em São Mateus do Sul, João Francisco Rodrigues Machado Filho, todos os bancos vêm, há anos partindo para o meio digital, iniciando com a internet e a utilização de computadores, e acerca de três anos, acabaram percebendo que o celular tornou uma das principais ferramentas, superando o uso de dos computadores. “Aqui na agência, o banco já iniciou um projeto de instalação de WiFi, visando que o cliente, ao chegar na sala do autoatendimento ou no próprio celular, pode efetuar atividades como resolver seus problemas, realizar qualquer transação que antes era feita somente no caixa eletrônico, ele conseguirá efetivar via o acesso do seu celular”, comenta.

Para João Francisco, a revogação da lei só tem benefícios a trazer. “O banco aumentou a segurança, instalamos biombos dando mais segurança aos clientes que poderão executar suas operações bancárias sem as demais pessoas saberem o que, o indivíduo estará fazendo, e hoje em dia, as pessoas são mais precavidas, o município só tem a ganhar com a revogação da lei”. João Francisco Machado, ainda ressalta: “agradeço aos vereadores pelo projeto que ocorreu e que beneficiará os munícipes e ainda incentivará o uso do celular, que é algo seguro e cada dia mais acessível. O Banco do Brasil está à disposição para atender aos clientes e dar todas as informações necessárias para a utilização dos aplicativos que visam facilitar a vida de todos”, conclui.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Hospital se pronuncia sobre áudio vazado de possível funcionária negligenciando tratamento médico
Estudante são-mateuense promove ação social na faculdade em prol a Casa de Passagem São Vicente de Paulo
Desfile cívico emociona são-mateuenses no aniversário de 110 anos do município