(Imagem Ilustrativa)

A internet facilita a vida das pessoas em muitos aspectos. É notória a variedade de serviços e ferramentas que podem ser executadas através dos aparelhos de computadores e pelos smartphones. Porém, a grande rede também abriga algumas situações que colocam vários aspectos pessoais dos usuários em risco. É necessário utilizá-la com cautela, pois os crimes virtuais formam uma lista extensa de ocorrências, que inclui o desvio de dinheiro de contas. De acordo com o portal jurídico Jusbrasil, existem mais de 17 mil decisões judiciais envolvendo problemas virtuais em nosso país.

Um leitor que desejou não ser identificado, residente no município de São João do Triunfo, vizinho de São Mateus do Sul, enviou um alerta à reportagem da Gazeta Informativa, relatando uma tentativa de golpe eletrônico sofrida por ele. A situação foi iniciada através da divulgação de uma propaganda de eletroeletrônico na rede social Facebook. A Gazeta Informativa conversou com o leitor que explicou melhor sobre o ocorrido, a fim de alertar a população local sobre o golpe.

Entenda a tentativa de golpe eletrônico

De acordo com o depoimento, o leitor estava realizando algumas buscas durante o dia, em diversos sites da internet, a fim de encontrar uma opção de compra para um televisor. Muitas lojas físicas possuem também a ferramenta de compra on-line, que tem se tornado cada vez mais utilizada pela população. “A tentativa de golpe aconteceu através de um story no Facebook. Eu havia feito buscas nos endereços eletrônicos das lojas, além de ter verificado o preço em São Mateus do Sul, cidade na qual residi durante muitos anos. Eu já havia parado com as buscas quando surgiu o story com todas as características das Lojas Americanas, inclusive com o nome da empresa que administra a página da loja no Facebook (B2W Digital), comentou ele.

A utilização de dados pessoais

O story no Facebook direcionou a navegação até uma nova página, solicitando os dados pessoais (número do cartão, CPF, nome do usuário, senha de acesso ao site e código de segurança do cartão) do indivíduo que está realizando a compra. Após esse passo, o leitor recebeu através do seu e-mail, um comunicado concluindo o cadastro no site e gerando um boleto para débito da mesma.

O leitor também comentou sobre as características do golpe e a precaução adotada por ele no momento. “Até esse instante eu estava confiante, mas desconfiado pelo valor ser muito abaixo das tendências do mercado para aquele produto. Portanto, não tomei nenhuma atitude precipitada, fiz diversas pesquisas sobre o site e acabei descobrindo que esse golpe já havia acontecido antes. Após fazer a leitura do código de barras pelo aplicativo do meu banco, tive a certeza do ato de má-fé, pois o boleto em questão se referia a um pagamento em nome de outra pessoa”, revelou ele.

Como proceder nessas situações?

O leitor destacou a importância da atenção ao realizar compras através da internet. “Fiquei algo em torno de 4 horas analisando e buscando informações antes de concluir o pagamento para não correr nenhum risco. Após a conclusão de se tratar realmente de um golpe, fiz o cancelamento do cartão, não tendo prejuízo financeiro. Apesar disso, o golpista coletou os meus dados, o que me motivou a lavrar um boletim de ocorrências junto à Polícia Civil. Tentei entrar em contato com as Lojas Americanas, mas não obtive retorno. Agora vou entrar em contato com os bancos numa tentativa de rastreamento de contas e tomar todas as providências cabíveis. É importante que a população se conscientize e não acabe caindo nessas armadilhas”, finalizou ele.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
3º dia de greve dos petroleiros é marcado por atos contra demissões e desmonte da Petrobras
São Mateus do Sul será representado no Miss Teen 2018
Confira os registros civis que aconteceram em 2016 no Paraná e em São Mateus do Sul de acordo com o IBGE