Ciro Duarte de Paula Costa apresentando o projeto durante a reunião da Câmara Municipal de Vereadores. O projeto realizado em São Mateus do Sul é considerado o mais completo do país, garantindo premiações à nível nacional. (Fotos: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

O Plano Diretor de Arborização Urbana, que está sendo estudado e desenvolvido em São Mateus do Sul desde 2015, foi entregue para a equipe da Prefeitura Municipal para revisão. Em reunião realizada no dia 12 de agosto, na sala de reuniões da Prefeitura, a equipe responsável pela elaboração e estudo do projeto apresentou o material impresso e os dados encontrados no município. “Estamos muito felizes em entregar o material que foi ‘adotado’ por muitos profissionais da área ambiental”, apresenta Ciro Duarte de Paula Costa, engenheiro florestal e um dos coordenadores do projeto.

O trabalho desenvolvido em cooperação técnica entre a Prefeitura Municipal e a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) é considerado o projeto mais completo de arborização urbana do país, atendendo 100% das exigências do Ministério Público do Paraná. O estudo realizado em São Mateus do Sul contou com a participação de mais de 15 universidades de todo o país e ganhou premiações à nível nacional pela metodologia desenvolvida.

Ao todo foram catalogados 286 quilômetros de via urbana nos 15 bairros de São Mateus do Sul. A equipe realizou uma pesquisa com mais de 2 mil moradores, no qual ouviram suas opiniões sobre as preferências de árvores e como está a relação dos munícipes com a área ambiental. O Plano avaliou a arborização do município, propôs medidas de controle e o planejamento de uma nova arborização para a cidade.

Participantes da reunião que aconteceu no dia 12 de agosto.

Hoje São Mateus do Sul conta com 18.184 árvores registradas, número que engloba espécies nativas, invasoras, tóxicas e com alguma dificuldade de desenvolvimento. A equipe busca orientar a Prefeitura Municipal para o manejo adequado das espécies que precisarão ser retiradas e também as novas que chegarão para plantio. A Prefeitura também conta com a colaboração da Copel para a aquisição de mudas e apoio nas podas das árvores.

Flávia Gizele Konig Brum, engenheira floresta, professora da UTFPR e também coordenadora do projeto, explica que a arborização vai além dos cuidados ambientais. “É importante frisar que uma cidade arborizada do jeito certo garante saúde pública, atratividade econômica e valorização imobiliária. As árvores são infraestrutura viva”, afirma.

O secretário municipal de meio ambiente, Helio Toshio Sakurai, acredita que o projeto trará grandes resultados para as futuras gerações são-mateuenses. “O plano vai facilitar o trabalho da secretaria municipal de meio ambiente, pois contascom todos os dados da área urbana catalogados.”

O Plano Diretor de Arborização Urbana está sendo revisado pela equipe das secretarias do município, e passará por posterior aprovação em audiência pública. A equipe da Gazeta Informativa estará divulgando as datas dos próximos eventos de divulgação do projeto.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Avançam estudos técnicos para arborização urbana em São Mateus do Sul
Estudos técnicos para arborização urbana em São Mateus do Sul são retomados
Reflorestamento que corresponde mais de 900 campos de futebol comemora 40 anos em São Mateus do Sul