Soldado Murilo Santiago Azevedo responsável pelo atendimento. (Acervo Pessoal)

Na noite de segunda-feira (4), por volta das 23h45, a Polícia Militar (PM) de São Mateus do Sul recebeu mais uma ligação de emergência em que um recém-nascido, Luka Baischemann Araújo, com apenas 17 dias, estava afogado com leite materno. Dessa vez o avô do pequeno efetuou a ligação. No dia 25 de outubro uma policial da mesma Companhia salvou um bebê nas mesmas circunstâncias.

O policial responsável pelas orientações na noite de segunda-feira foi o soldado Murilo Santiago Azevedo, que além de acalmar o avô da criança, Kleber Fabiano Ribeiro, passou os procedimentos de primeiros socorros. O bebê foi conduzido ao Pronto Atendimento Municipal para os cuidados necessários. Após a ligação, o avô do recém-nascido ligou novamente para a PM agradecendo o policial pelo salvamento.

O soldado explica que esse foi o primeiro atendimento de ocorrência de primeiros socorros feito por ele e que se sente grato pelo desfecho positivo. “Situações como essa nos fazem ter a real noção de quão importante é o nosso trabalho”, relata.

As orientações foram repassadas pelo policial ao avô no caminho do Pronto Atendimento. “É impagável o que eu senti quando ouvi o choro da criança pelo telefone”, diz o policial.

Kleber agradece todo o atendimento prestado pelo policial e a equipe de enfermagem do Pronto Atendimento Municipal. “Eles salvaram o meu neto.”

Mas o que fazer quando o bebê está afogado?

– Sentar e colocar o bebê de barriga para baixo apoiado no antebraço, com a cabeça ligeiramente mais baixa que o corpo e apoiada na mão. O antebraço de quem está socorrendo deve estar apoiado na coxa;

– Com a outra mão, bater 5 vezes nas costas da criança, entre as omoplatas (osso plano triangular com uma ponta inferior, que está na parte posterior do ombro). As pancadas devem ser firmes mas não muito fortes;

– Virar o bebê de barriga para cima e observar se ele já está respirando. Se continuar engasgado, o procedimento deve ser repetido por mais 3 vezes.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Polícia civil investiga negligência do motorista do caminhão que atropelou o menino de 13 anos
Oito mortes e mais de 9 mil carros acima de velocidade foram registrados no feriado pela PRF no Paraná
Árbitro é agredido em jogo na comunidade de Paiol Grande