Odontologia e Saúde Bucal - Valéria Kruchelski Huk

Mau Hálito, e agora?

Imagem Ilustrativa

A halitose – popularmente conhecida como mau hálito – é um cheiro desagradável que vem da boca. O mau hálito é resultado da produção de alguns componentes devido a atividade das bactérias que compõe a microbiota da nossa boca, ou seja, aquelas bactérias que vivem na nossa boca e em equilíbrio com o nosso corpo a ponto de não nos fazer mal.

Na maioria das vezes o mau hálito não é percebido pela pessoa que tem esse distúrbio, em outros casos provoca desconforto tanto para o indivíduo quanto para as pessoas que convivem com ela, interferindo nas relações sociais.

Então, quais são as causas do mau hálito?

As principais causas do mau hálito são: má conservação dos dentes, inflamação da gengiva, menor produção de saliva, ressecamento da boca (devido ao uso de medicação, estresse, respiração pela boca, etc.), infecções (sinusite, amigdalite), aquelas relacionadas com a higiene bucal (restos de alimento no meio dos dentes, má escovação dos dentes e da língua) e o hábito de fumar.

Fique atento: De manhã, logo ao acordar, é normal que as pessoas sintam um cheiro desagradável na boca. Isso ocorre devido a uma diminuição do fluxo salivar durante o sono.

A halitose não é uma doença, mas um sintoma de que algo não vai bem no organismo. Caso você perceba um mau cheiro na boca procure um profissional, o diagnóstico da halitose é baseado nas informações que o paciente vai passar para o profissional e em exames complementares.

Algumas dicas são fundamentais para evitar a halitose, entre as principais estão: beber bastante água e caprichar na higiene bucal (escovando bem os dentes, a língua e passando fio dental).

Referências do texto:
www.drauziovarella.com.br
www.revodontolunesp.com.br

Últimos posts por Valéria Kruchelski Huk (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Autoexame de Câncer Bucal: Você conhece?
A saúde bucal da gestante: cuidado de mãe para filho
O açaí e a odontologia