Cidade

Ministério Público recomenda que estabelecimentos de São Mateus do Sul garantam vagas à idosos

A recomendação é de que haja vagas reservadas para maiores de 60 anos em empresas privadas e repartições públicas. (Foto: Alexandre Müller)

O Estatuto do Idoso prevê que 5% das vagas de estacionamentos públicos e privados devem ser destinadas a maiores de 60 anos. Mas em São Mateus do Sul, diversos estabelecimentos não garantem vaga especial para idosos, situação constatada pelo Ministério Público do Paraná (MPPR) nas últimas semanas. Em uma série de recomendações administrativas encaminhadas nesta segunda-feira (8) à estabelecimentos comerciais, escolas, órgãos públicos e outros prestadores de serviço da cidade, a 2ª Promotoria de Justiça da comarca requereu que sejam garantidas vagas de estacionamento nos termos da legislação.

Nos documentos, o MPPR ressalta que as vagas devem ter sinalização clara e perceptível, “não deixando margem para dupla interpretação aos condutores”. Os estabelecimentos têm 30 dias para cumprir o recomendado, a partir da data em que o documento foi recebido. O não cumprimento da recomendação administrativa pode resultar na tomada de medidas judiciais contra os que, “por ação ou omissão, violarem ou permitirem a violação de direitos da população idosa de São Mateus do Sul”.

As recomendações foram direcionadas aos seguintes estabelecimentos: Agência do Trabalhador, Bradesco, administração do Clube dos Empregados da Petrobras (Cepe), Colégio Estadual Duque de Caxias, Colégio Estadual São Mateus, Supermercado 70, Hospital e Maternidade Dr. Paulo Fortes e Prefeitura Municipal de São Mateus do Sul (Posto de Atendimento e Rodoviária).

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Construtora de Francisco Beltrão será a responsável pela construção do novo hospital
São Mateus do Sul se torna cidade-irmã de Virasoro, na Argentina
Presidente da ACIASMS se licencia por prazo de 60 dias