(Imagem Ilustrativa)

Em coletiva que atualizou os casos de coronavírus no Brasil nesta quarta-feira, 26, em entrevista ao programa Central GloboNews, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, recomendou que os brasileiros evitem bebidas tradicionais como tereré e chimarrão. “No caso de estados como Mato Grosso do Sul, de onde venho, e do Rio Grande do Sul, recomendamos que as pessoas evitem bebidas que são compartilhadas de boca em boca, como o tereré e o chimarrão”, disse o ministro.

Mandetta também reforçou a recomendação de se lavar as mãos com água e sabão, com muita frequência. “Previne o contágio não somente desse, mas de várias doenças”, disse o ministro.

O chimarrão, embora seja tradição gaúcha, é consumido igualmente em Santa Catarina e também tem apreciadores em todo o Brasil e até no exterior.

O ministro disse que gotículas de saliva que ficam na bomba contaminam outras pessoas caso alguém seja portador do coronavírus. Ele afirmou que nesta fase em que não há tratamento, o consumo dessas bebidas deve ser de forma individual.

FONTE: JMais

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Deputado Bacil solicita “estoque” de bolsas de sangue em São Mateus do Sul
Morador de São Mateus do Sul ganha alta da UTI depois de 42 dias internado após contrair a covid-19
Quase 3 mil pessoas já foram vacinadas contra a gripe em São Mateus do Sul