Geral

Modelo Plus Size de São Mateus do Sul desfila no principal evento de moda GG do Brasil

Thomaz Piorezan

Foto: Thomaz Piorezan

A modelo Plus Size, Fabiola Franco, de São Mateus do Sul, desfilou dia 06, na 13ª edição do Fashion Weekend Plus Size – FWPS, principal evento de moda GG do Brasil, realizado no Teatro da APCD – Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas, no Bairro Santana, em São Paulo. O evento reuniu 11 grifes, representadas por mais de 60 modelos que mostraram as tendências da moda para o inverno de 2016.

Pra quem não sabe, Plus Size em inglês, significa “Tamanho Maior”. Este é o nome que foi dado pelos norte-americanos para modelos de roupas acima do padrão convencional. Portanto, qualquer roupa com numeração acima do 44 encontra-se no gênero de roupas Plus Size. Essa maneira de nomear esse vestuário destinado ao público mais fofinho, foi também uma maneira de incluir modelos maiores no mundo da moda, aumentando também o número de roupas vendidas.

Para Fabiola, participar do FWPS, pela primeira vez, foi um grande sonho realizado, uma experiência que jamais vai esquecer. “Pois um evento desta grandeza só são aprovadas as mais belas do meio e, estar lá, é simplesmente magnífico”, comenta.

Fabiola desfilou para o estilista Edson Eddel, de Curitiba, onde o tema de sua coleção era Oriental. “Conheci o estilista no Miss Paraná Plus Size 2015, no qual participei, e fui convidada pelo próprio estilista para fazer a abertura do seu desfile no FWPS 2016. No ano passado, fiz a abertura no evento “Mulheres Reais, em São Paulo. De lá pra cá, ele sempre me convida para seus desfiles”, conta.

Fabiola, tem 34 anos, é natural de Campinas (SP), reside em São Mateus do Sul, desde abril de 2004, é casada e tem 2 filhos. Ela trabalha como modelo Plus Size há 1 ano e meio, e está em busca do seu espaço neste nicho de mercado que cresce cada vez mais. Confira abaixo, o bate-papo que o jornal Gazeta Informativa teve com Fabiola, onde ela comenta um pouco sobre a sua história:

Fabiola Franco tem 1,65 altura, 96 cm de cintura, 109 de busto, 120 de quadril, pesa 89 kg e usa manequim 44/46

Fabiola, como você iniciou a carreira de modelo Plus Size?
Conheci este universo quando assisti uma entrevista na televisão, com a modelo Mayara Russi, falando sobre sua carreira. Após isso, comecei a pesquisar sobre o assunto e enxerguei grandes oportunidades. Foi quando me inscrevi para o concurso “Miss Paraná Plus Size” realizado pela Impacto produções e de lá pra cá comecei a me especializar, fiz o curso de modelo e manequim na agencia Meney de Maringá para obter especialização e a carteira de modelo (DRT).

Você imaginou que um dia ia seguir a carreira de modelo?
Isso é um sonho de toda menina, mas não fui agraciada com a altura exigida para o padrão fashion. Foi onde surgiu o Plus Size, que é levado mais em conta o padrão de manequim do que a altura.

Quais são as suas medidas?
Eu tenho 1,65 altura, 89 kg, manequim 44/46, cintura 96, busto 109 e quadril 120.

Pretende perder peso?
Não posso ser hipócrita e dizer que não, mas posso afirmar que eu me amo do jeito que sou, não tenho mais aquelas frustrações que tinha como antes, de chorar e sofrer porque uma roupa não me serve ou coisa parecida.

Por que as mulheres com sobrepeso têm conquistado espaço?
Em pesquisa no ano de 2013, o levantamento apontou que 50,8% dos brasileiros estavam acima do peso e que, destes, 17,5% eram obesos, e a indústria da moda precisou se adequar aos padrões fazendo com que surgisse o mercado Plus e as mesmas começaram a precisar de mulheres reais para suas produções, afinal, a pesquisa está ai para comprovar que a maioria das pessoas possuem sim um biótipo diferente do fashion.

Quais cuidados com a beleza e a saúde você tem?
Recentemente fiz um acompanhamento nutricional e com personal trainer para reduzir do manequim 50 para o 44/46, foram 4 meses muito intensos, cuidando da alimentação e atividade física, pra hoje manter o peso atual, faço exames periódicos, afinal, ser Plus Size não é fazer apologia à obesidade e sim mostrar que pode estar acima do peso e ter uma vida saudável.

Já recebeu muitas críticas por estar acima do peso?
Hoje tenho uma autoestima elevada, que as pessoas já não olham tanto a minha aparência física, elas conseguem enxergar uma mulher feliz e realizada comigo mesmo, mas sim, já fui muito criticada.

Quais as características (personalidade) que na sua opinião, não podem faltar em uma Modelo Plus Size?
Amor próprio, acordar todos os dias e se olhar no espelho e dizer o quanto é linda e poderosa.

Você sempre se aceitou ou já brigou com a balança?
Como toda mulher, já tive preconceito comigo mesmo, mas não fui gorda a vida inteira. Eu já tive depressão por estar acima do peso, muitas vezes deitava no travesseio e chorava muito, sem ninguém saber, mas quando surgiu o mundo Plus Size, eu vi que não era a única a sofrer, e que pra eu ser feliz, bastava eu me amar mais.

Como você lida com o seu corpo em uma sociedade tão escrava da estética e beleza, ditas perfeitas?
Aprendi desde criança a não tratar as pessoas diferente por qualquer que seja sua deficiência, peso, raça ou credo, me dói muito ouvir comentários não só sobre a pessoa estar acima do seu peso mas por tantos assuntos, hoje sei que inspiro muitas mulheres e lidar com auto estima de pessoas é uma tarefa muito difícil, mas gratificante para mim.

O que é beleza para você?
É estar de bem comigo mesma, saber que tem pessoas que me amam pelo que sou e não pelo manequim que eu visto.

Como está o mercado para Plus Size? Você tem recebido muitos convites? Tem feito muitos eventos?
O mercado Plus Size está em ascensão, vem conquistando espaço cada vez maior, participei do Miss Paraná Plus Size 2015, onde fiquei entre as 18 mulheres Plus mais lindas do Paraná, e recentemente participei como modelo exclusiva da grife Edson Eddel no Fashion Week Plus Size 2016 organizado pela Renata Poskus Sócia Proprietária na empresa Loja Mulherão, Diretora na empresa Fashion Weekend Plus Size e Editora na empresa Blog Mulherão, são alguns dos trabalhos já realizados como modelo. Espero receber muito mais.

Você estuda, exerce outra profissão? Quais os seus planos para o futuro?
Sou formada em Técnico em Transações Imobiliárias – TTI e, também, em Modelo e Manequim. Atualmente não trabalho, mas estou em busca do meu espaço no mercado de trabalho, espero que uma hora decole a carreira de modelo.

Tem um recado para as pessoas com baixa autoestima?
Acorde todos os dias, se olhe no espelho e diga: eu sou linda, eu posso conquistar o mundo com minha beleza e carisma. Tenho certeza que logo vai mudar seu jeito de ver as coisas como são, vá em busca dos seus objetos e claro cuide sempre da sua saúde.

Deseja fazer algum agradecimento?
Quero agradecer primeiro a Deus e minha família pelo apoio, e aos meus patrocinadores aqui de nossa cidade que sempre acreditam no meu potencial, Carla Ballão estética e Wing´s Cabelereiros que cuidam sempre da minha produção para desfiles, eventos e entrevistas de TV, a Claudia Boutique e a Loja Suri que me vestem sempre que preciso, a Dra. Rita Andreia minha dentista que fez um trabalho estético bucal que me ajudou a abrir as portas nesse mundo Plus Size e aos jornais da cidade que sempre abrem o espaço para falarmos de moda, ao Estilista Edson Eddel e claro a Retana Poskus pela oportunidade de fazer parte do seu casting.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Livro “Um olhar para o passado: fotografias antigas de São Mateus do Sul” é apresentado à comunidade na Feira do Produtor deste sábado (5)
Piracema iniciou em novembro e pesca de espécies nativas fica restrita por 4 meses no Paraná
Prisão imediata do ex-deputado Ribas Carli é determinada pela Justiça