Política e Cidadania

Morre Luciano Pizzatto, ex-deputado federal

Luciano Pizzatto esteve na Gazeta Informativa recentemente (16/02), e falou sobre suas perspectivas em relação ao serviço prestado no Estado. A equipe da Gazeta Informativa presta as condolências para todos os familiares e amigos de Pizzatto. (Foto: Gazeta Informativa)

Morreu na madrugada desta quarta-feira (21), em Brasília, Luciano Pizzatto, secretário de representação do Paraná na Capital Federal. Ele teve um mal súbito por volta de 1h15, no quarto do Hotel Nacional, que fica na Asa Sul, próximo à Rodoviária do Plano Piloto – área central de Brasília.

Segundo testemunha, o ex-deputado possuía um histórico de problemas cardíacos e de diabetes, e passou mal quando logo depois que deitou na cama. De acordo com informações, logo após cair na cama, Pizzatto bateu a cabeça na cômoda ao lado e cortou a testa. Equipe de socorro foi acionada, e após tentativa de reanimação, foi constatado o óbito.

Na ocasião, Pizzatto estava acompanhando a vice-governadora do Estado, Cida Borghetti em sua agenda federal. A polícia não trata o caso como um crime, mas ouvirá seguranças e funcionários do Hotel em que Pizzatto estava hospedado, e também a equipe que prestou atendimento ao ex-deputado. O governador do Paraná, Beto Richa, decretou luto oficial de três dias.

Na foto, o momento da entrevista transmitida ao vivo no Facebook do jornal.

Luciano completaria 61 anos nesta sexta-feira (23). Nascido em Curitiba (PR), formou-se em engenharia florestal na Universidade Federal do Paraná (UFPR). Especialista em direito socioambiental, ele teve em sua carreira diversos trabalhos elaborados nas questões ligadas ao meio ambiente.

Foi deputado estadual por um mandato e federal por quatro legislaturas. Também presidiu a Companhia Paranaense de Gás (Compagás). Pizzatto deixa a esposa e três filhos.

No dia 16 de fevereiro deste ano, o ex-deputado esteve no jornal Gazeta Informativa em uma entrevista ao vivo, e contou sobre seu trabalho realizado pela região. Na ocasião, ele comentou que sente um carinho muito grande por toda região do Vale do Iguaçu. Sua família possui uma empresa centenária e de renome em General Carneiro.

Pizzatto compartilhou com a equipe GI a experiência de seu cargo de secretário, e também comentou sobre assuntos relevantes para nosso município, como o gasoduto de São Mateus do Sul; a pavimentação da PR-364 que liga o município em Irati e assuntos relevantes da legislação ambiental. Para conferir na íntegra a entrevista, acesse a página da Gazeta Informativa no Facebook: www.facebook.com/jornalgazetainformativa.

De acordo com o Governo do Paraná, o corpo de Pizzato, conforme desejo dele, será cremado.

Confira na íntegra a entrevista do GI realizada com Pizzatto em fevereiro de 2018:
Entrevista Luciano Pizzatto.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Projeto Parlamento Jovem do Tribunal Regional Eleitoral do estado elege 9 vereadores mirins em São Mateus do Sul
Câmara Municipal de Vereadores de São Mateus do Sul divulga resultado de concurso público
Vereadores aprovam projeto que cria programa para fornecimento de pedra calcário aos agricultores são-mateuenses