Adriane Santos Cagol e família. (Foto: Acervo Pessoal)

Mulheres conseguem vencer os desafios encontrados no empreendedorismo.

Cada vez mais mulheres estão ocupando cargos importantes nos diversos setores da sociedade. Os departamentos de alimentação, moda e beleza já tinham uma grande proporção de mulheres à frente do seu próprio negócio.

Hoje em dia podemos dizer que também na política, na ciência, na indústria, gerenciando e comandando as grandes empresas, elas ganham mais atenção e credibilidade, pois estas são faixas de mercados rentáveis e que movimentam muito nossa economia.

Estudos comprovam que as motivações femininas são muitas vezes diferentes dos homens. Além da motivação financeira, o fato de exercer uma determinada função, de fazer a diferença e de trazer algo inovador contribuem para a entrada feminina nesses setores.

O mundo precisa da visão mais humana e mais sensível que a mulher tem. A fusão da emoção feminina faz a difereça no universo da razão masculina. A mulher vem se dedicando, alinhando e colocando as coisas em ordem, fazendo por merecer as oportunidades nas áreas profissionais. As empresas ganham muito com a visão e atitude feminina.

Segundo Adriane Santos Cagol, empresária e proprietária da Indústria de Sorvetes Milk Mix em São Mateus do Sul, a união vai além da igualdade feminina e masculina. “Eu vejo uma união de forças, que a cada dia vem agregando as habilidades, o conhecimento e o mais importante é a sabedoria na hora de tomar as decisões. Essas competências acabam abrindo novas possibilidades e oportunidades num mundo onde as mulheres estão cada vez mais ocupando cargos de grandes responsabilidades”.

Sobre os desafios que a mulher enfrenta no empreendedorismo, nos setores acima citados e na vida de uma forma geral, Adriane diz que eles fortalecem o reconhecimento das mulheres que se destacam justamente por serem empreendedoras em seus trabalhos e também no lar. “Isso só está sendo possível porque nós mulheres não estamos mais permitindo que o preconceito, a falta de confiança e a superioridade masculina nos atinja. Devido a nossa habilidade em executar várias tarefas, nos permite e nos auxilia a superar os desafios, dando-nos energia e força para seguir em frente”, completa a empresária.

O Conselho da Mulher Empresária, da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de São Mateus do Sul procura sempre contribuir para que as mulheres do nosso município continuem a vencer esses e tantos outros desafios.

Fica aqui o convite a todas as mulheres empreendedoras para que procurem conhecer e fazer parte da ACIASMS (Associação Comercial, Indutrial e Agropecuária de São Mateus do Sul) e do CME (Conselho da Mulher Empresária), assim também contribuirão com o crescimento do empreendedorismo feminino em nosso município.

Por Juliane Ferraz da Silveira Wavrzenczak – Diretora de Marketing do CME

Redação

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Prefeitura Municipal de São Mateus do Sul pode continuar licitação para gerenciamento da frota
São Mateus do Sul recebe verba de R$ 2,3 milhões para recape de ruas
Natal Ouro Verde inicia neste sábado em São Mateus do Sul