Cidade

Nenhum morador comparece na última Oficina do Plano Diretor na Escola do Lageado

Apenas o Arquiteto e Urbanista responsável pela execução das Oficinas do Plano Diretor e o servente que abriu a escola estiveram presentes na última Oficina. (Foto: Acervo Pessoal)

Com intuito de acontecer na terça-feira (17), a última Oficina do Plano Diretor do município estava sendo planejada para decorrer nas dependências da Escola Municipal do Lageado, abrangendo as localidades de São Miguel da Roseira, Água Suja, Cambará, Micro Macro, Aliança Velha, Lageadinho, Terra Vermelha, Tesoura, Divisa e Porto Ribeiro. A reunião estava marcada para acontecer às 19h, e nenhum morador compareceu.

Segundo Rafael Guimarães de Lima, Arquiteto e Urbanista, responsável pelas Oficinas do Plano Diretor, apenas ele e o servente que abriu a escola compareceram no local. “Penso que pela falta de participação quem sai perdendo são essas comunidades. Esse era um importante momento de fazer uma crítica construtiva do município, mostrando necessidades e sugerindo ideias para um crescimento sustentável”, diz.

De acordo com o arquiteto, essa foi a única Oficina do Plano Diretor que nenhum morador compareceu. “Essas Oficinas também são uma forma dos cidadãos aprenderem um pouco mais sobre o funcionamento do município”, apresenta.

Para toda e qualquer efetivação de um projeto existe um planejamento. Nele são encontradas as necessidades e como cessar as dificuldades para melhorar o funcionamento municipal. Sendo a principal política urbana brasileira, o Plano Diretor, possui a maior relevância para a efetivação e melhora dos problemas ligados ao desempenho de um município. O Plano Diretor se caracteriza pelas metas do local para os próximos 10 anos.

A participação dos moradores nas Oficinas do Plano Diretor foram fundamentais para que eles apontem as necessidades e melhorias de suas localidades. Agora com o encerramento dessas Oficinas, as informações serão analisadas em reuniões técnicas entre a Prefeitura e a empresa responsável pela consultoria contratada para a realização do Plano Diretor. “O que for possível será incluído no Plano Diretor e será posto em votação em audiências públicas”, destaca.

A Gazeta Informativa estará divulgando mais informações no decorrer de todo planejamento do Plano Diretor municipal.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Processo de licitação para a revitalização da Rua Ulisses Faria inicia
Luiz Adyr reassume a administração municipal de São Mateus do Sul após período de férias
Audiência pública aprova Plano Diretor do município