Histórias de Terra e Céu

O Big Brother da Estação Espacial

Astronauta Karen Nyberg na Estação Espacial (Foto: Agência Espacial Europeia)

Astronauta Karen Nyberg na Estação Espacial (Foto: Agência Espacial Europeia)

Na última semana falamos sobre as tentativas frustradas na NASA de enviar alimentos para a Estação Espacial (ISS), e acabei a coluna prometendo que hoje mostraria como ver este grande laboratório espacial “por dentro e por fora”. Então vamos às dicas!

Talvez você já tenha visto um ponto brilhante cruzando a noite e simplesmente “sumindo” entre as estrelas. Por mais que alguns tentem propor que estes pontos sejam discos voadores, provavelmente o que você viu foi um satélite, ou o telescópio Hubble, ou ainda a Estação Espacial. Diariamente estes objetos brilham no céu por poucos minutos, mas este brilho não é nada mais do que o reflexo do Sol em suas estruturas. E o mais bacana é que você pode saber exatamente o momento em que estes objetos aparecerão. Se você entrar no site www.heavens-above.com, definir o seu local de observação (no item “configuração”), e acessar a previsão de satélites, será possível saber quando estes “viajantes” aparecerão no seu céu.

A previsão do Heavens Above mostra o horário e a direção no céu em que o objeto será visto, o momento em que ele atingirá a altura máxima, e novamente o momento e a posição em que ele desaparecerá. O site também mostra a “magnitude” do objeto, que é uma medida do seu brilho. Quanto mais negativa for a magnitude, mais facilmente o objeto será visto. Já fizemos esta experiência com as crianças em algumas observações, e é impressionante a precisão do site, e a empolgação das crianças ao ver passar no céu Estação Espacial.

Mas se você não se contenta em ver a ISS apenas como um pontinho brilhante, há outro site que complementará esta visão. Se você pesquisar no Google “ISS live” aparecerão vários sites que mostram a Estação por dentro. Recomendo o www.ustream.tv/channel/live-iss-stream. Neste site, enquanto os astronautas dormem, há uma câmera que mostra o lado externo da ISS e o nosso belo planeta azul visto de lá. É possível ver o Sol “nascer” e se “pôr” algumas vezes, devido à velocidade da órbita da ISS. Mas quando os astronautas estão acordados, a visão é ainda mais interessante, pois são ativadas as câmeras internas e é possível ver a rotina deles, num incrível “Big Brother espacial”. A foto que ilustra esta coluna mostra a astronauta Karen Nyberg (que já esteve duas vezes na ISS) “espiando” a Terra em um destes momentos.

Espero que você teste as potencialidades destes sites e consiga ver a Estação Espacial passando sobre sua casa, além de poder também “invadir a casa” dos astronautas. Na próxima semana falaremos sobre uma das mais famosas constelações, o Cruzeiro do Sul, e também contarei sobre uma conjunção que ocorrerá no dia 18 de julho, colocando um novo Cruzeiro no céu: o Cruzeiro do Oeste!

Até a próxima semana e céus limpos para todos nós!

Gerson Cesar Souza
Últimos posts por Gerson Cesar Souza (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Tesouros no Quintal
A Bandeira do Divino da capelinha de 1891
Até que a morte os una