(Imagem Ilustrativa)

Esse ano a fogueira e a barraca do beijo vão ficar pra depois, mas pra não morrer de saudades de dançar quadrilha e da comilança boa, que tal uma bitoca na maçã do amor?

Conta a história que o doce foi inventado em 1955, em São Paulo pela família espanhola Farre, inspirados pelas frutas caramelizadas chinesas conhecidas como Tannghulu, como uva e abacaxi, e então Ramon Farre Martinez teve a ideia de usar uma fruta abundante no Brasil: a maçã.

Quanto ao nome romântico dado a iguaria, foi escolhido pelo pai de Ramon, José, que de romântico não tinha nada. Já era tarde da noite, e o pai disse: “põe logo o nome de Maçã do Amor e vamos dormir!”.

E não é que pegou? Tão grande foi o sucesso, que recebeu a patente em nome da família e até hoje é parte de todas as festas juninas e também está presente em muitos países que consomem a iguaria, também chamada de Pomme d’amour.

INGREDIENTES

•5 maçãs em temperatura ambiente
•2 xícaras (chá) de açúcar cristal
•⅓ de xícara (chá) de água
•1 colher (sopa) de vinagre comum
•5 ramas de canela
•óleo para untar a assadeira

FAÇA ASSIM:

•Lave e seque as maçãs. Espete uma rama de canela em cada uma (as maçãs devem estar em temperatura ambiente para não umedecer o caramelo).
•Unte uma assadeira com óleo e reserve.
•Numa panela misture delicadamente o açúcar, a água e o vinagre e leve ao fogo médio, sem mexer para não cristalizar. Ao levantar fervura, diminua o fogo e deixe cozinhar por mais 15 minutos até o ponto de bala dura.
•Desligue o fogo, misture a calda levemente com uma colher para eliminar as bolhas.
•Segure as maçãs pela rama de canela e mergulhe na calda; girando para cobrir toda a superfície e deixe escorrer bem o excesso; transfira para a assadeira untada.
•Deixe esfriar por cerca de 15 minutos para endurecer. Sirva ou armazene individualmente em saquinhos de celofane bem fechados. As maçãs permanecem crocantes e carameladas por até 3 dias.

Bom apetite!

Lincoln Molinari
Últimos posts por Lincoln Molinari (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Sopa de verão!
“Tomo guaraná, suco de caju, goiabada para sobremesa…”
Para surpreendo o amor e o paladar