(Divulgação)

Primeiro, foi a triste notícia de que a amputação seria a única alternativa, a mãe não aceitou e com esperanças procurou outra avaliação. Veio o conforto na possibilidade de três cirurgias e muita fisioterapia.

Mas outra dificuldade veio atormentar a família, o custo dos procedimentos, tudo muito caro, muito caro para o padrão da família. O engajamento da sociedade foi fundamental para renovar as esperanças.

Listas correram pela cidade, bingos realizados em diversos lugares, doações e campanhas, proporcionaram a realização de duas, das três cirurgias necessárias.

Mas é preciso fazer a terceira e mais importante intervenção cirúrgica, e esse procedimento tem data marcada, no mês de unho, e novamente o dinheiro está faltando.

Eu sei que já tem várias vertentes divulgando essa necessidade, inclusive a Gazeta Informativa publicou uma excelente reportagem mostrando essa luta, mas eu não quis ficar de fora, o menino Eduardo Removicz Amarante, o Dudu, precisa de todos nós nesse momento.

Devido a pandemia que impede as campanhas tradicionais envolvendo a presença das pessoas, só nos resta as doações feitas por depósito bancário.

Eu imploro a misericórdia de Deus e a luz do mestre Jesus, iluminando mentes e corações para que essa empreitada tenha sucesso.

Doações na conta 21.933-3, agência 2152, operação 013, Caixa Econômica Federal, CPF: 135.924.639-85.

Paz e luz a todos.

Oscar Okonoski
Últimos posts por Oscar Okonoski (exibir todos)

Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS
Responsabilidade Espírita
Por que me ensinaram a ter medo de Deus?
Enfermagem