Especial

O jornal é uma excelente opção para enaltecer seu negócio

A mídia impressa mantém viva a tradição da efetividade de anúncios e informações. (Fotos: Thaís Siqueira/Gazeta Informativa)

Muitos previram o fim do jornal impresso com o advento da internet. Assim, como muitos também previram o fim do mundo e nada! O jornal impresso é o mais antigo e tradicional meio de comunicação. Já sobreviveu com a chegada da televisão, do rádio e não está sendo diferente com a internet, porque ele foca na pesquisa, é mais profundo, tem mais conteúdo, mais credibilidade, mais visibilidade e em cima disso ele sobrevive.

São tantos argumentos a favor do papel, que se fosse para citarmos todos aqui, faltaria espaço. Para muitos, o brilho da tela do computador ou do celular atrapalha a leitura, sem contar que sentir o cheiro e a textura do papel é bastante agradável. Portanto, em questão de conforto, os jornais e livros de papel ganham a briga.

A credibilidade do jornal local

Os jornais locais publicam as informações de um município onde as grandes mídias têm pouco acesso e espaço. Por isso, há alguns anos, o jornalismo local vem se fortalecendo cada vez mais. Um exemplo disso é o trabalho que a Gazeta Informativa vem fazendo como veículo de mídia desse segmento em São Mateus do Sul.

“Como veículo de mídia, nossa missão é produzir e disponibilizar informações de todos os acontecimentos relevantes da cidade e região, através de um trabalho jornalístico sério, competente e ético. Priorizamos a produção de conteúdo positivo e motivacional, pois as histórias de tragédia e violência encontramos com abundância na internet. Estamos trabalhando constantemente para realizar grandes matérias de interesse dos leitores e melhorando o design do jornal, tornando assim cada vez mais atrativo para que os leitores se sintam confortáveis ao ler. Só para ressaltar, também estamos empenhados nas redes sociais e em nosso site, onde as publicações são constantes e o envolvimento com os internautas é crescente”, relata a diretora do jornal, Thaís Siqueira.

De acordo com análises, pesquisas e estudos, o jornal impresso não está defasado, e a prova disso é o aumento crescente dos assinantes e anunciantes da Gazeta Informativa. “As pessoas me perguntam se vou continuar por muito tempo nessa área e se tenho medo do jornal impresso morrer. A minha resposta é que, enquanto as pessoas mostrarem interesse pelo jornal impresso, além do meio digital, o GI estará em atividade. Eu e minha equipe lutaremos para não deixá-lo morrer. Aliás, quando fazemos as coisas com os pés no chão, planejamento, autoconfiança, otimismo, ação, coragem, perseverança, amor e dedicação, as chances de dar errado são mínimas. Nossa cidade precisa de um jornal sério como o GI. Diversas pesquisas sobre o assunto apontam que algumas mudanças capazes de assegurar um futuro para os jornais impressos é o fortalecimento no jornalismo local, então é isso que estamos fazendo, se aproximando cada vez mais da população”, diz Thaís.

Ainda presente com força em muitas cidades interioranas Brasil à fora, os jornais mantêm sua originalidade e singularidade no quesito de aproximar as informações aos leitores, de uma forma a valorizar aquela região e aquele povo que faz com que a mídia impressa seja a principal fonte de informações completas, concretas e palpáveis.

A mídia impressa é parte da identidade de uma cidade, bem como os demais meios de comunicação, mas sendo original, na maioria dos casos, se tornou a primeira fonte de informação da comunidade. E ainda é habitual todos os moradores aguardarem sua distribuição nos principais pontos de venda a fim de ficarem por dentro de tudo que ronda as entrelinhas, com a confiança da credibilidade nas fontes.

Em São Mateus do Sul não é diferente, tantas histórias foram contadas e eternizadas nas páginas dos vários jornais que foram impressos ao longo da história da Terra da Erva-mate e que ainda hoje são guardadas com carinho por aqueles que se emocionaram e ainda se emocionam ao ter contato com o presente que ficou gravado na sua história, na história da cidade e de todos os cidadãos.

Sim, apesar da otimização da informação que se aproxima cada vez mais rápida até as pessoas, os jornais relutam bravamente para manter-se como principal forma de divulgação de anúncios, local propício às empresas: a sua empresa!

Reinventando-se dia após dia, a fim de ser sempre considerado a principal forma de divulgação, de negócios, de ideias ou simplesmente de informações, os jornais, além da vantagem da impressão diária ou semanal de seus exemplares, hoje também estão nas redes sociais buscando a amplitude de acesso a seu conteúdo às várias faixas etárias e classes sociais que respiram conectividade.

Esta vantagem, de ser impresso, soma-se a todos os recursos que os demais meios possuem, mas com a particularidade de que o que está nas páginas coloridas ou não, pode ter o acesso muito maior do que cálculos matemáticos podem esmiuçar, comprovando assim que um exemplar de jornal não é exclusivo de uma pessoa, e sim de todos que o cercam e convivem, isso sem considerar os pontos cruciais de acesso, pois quem no aguardo demorado de uma consulta médica ou qualquer fato similar, não buscou algo para folhar e entreter-se naquele momento com o acesso a tantas informações que estavam na última edição impressa do jornal local, e da mesma forma o mesmo jornal, passa de mão em mão levando e propiciando o acesso a informação.

Anunciar hoje no jornal não é anunciar apenas na plataforma impressa, hoje, essa mídia possuí audiência estendida, pois é replicado no digital, o tornando uma das poucas mídias multiplataforma. O grande paradigma que precisa ser quebrado é que o jornal irá acabar. Ele não vai, o que está acontecendo é uma agregação de impacto com a popularidade da internet e dos dispositivos móveis, e os jornais também estão nesses meios.

A redação do jornal Gazeta Informativa fica localizada na Rua Ivan Ulbrich, nº 1535, na Vila Prohmann em São Mateus do Sul. Venha nos fazer uma visita!

O reconhecimento da sua empresa através de anúncios

Dentre as principais vantagens de se anunciar no jornal impresso, podemos destacar: a tradição e a confiabilidade. Por ser um meio muito tradicional, ele oferece grande credibilidade e transmite confiança à mensagem anunciada; diferentes possibilidades de segmentação, pois os jornais abrangem diversos temas como: esportes, política, economia, mercado, etc.; o estímulo que o jornal proporciona é capaz de provocar uma reação mais rápida no consumidor.

Um dos principais profissionais ligados às empresas na otimização e divulgação de suas marcas, são os publicitários, uma atividade profissional que exige muita criatividade e alia conhecimentos de comunicação e marketing e que tem o objetivo de fortalecer a imagem de uma marca e comunicar produtos, ideias e projetos.

A publicitária são-mateuense Renata Santana comenta, “muito além de expor a marca para o consumidor em todo lugar, é importante profissionalizar o processo, tomando cuidados com relação a qualidade de layout, aplicabilidade e claro, as mídias escolhidas. Em meio a avalanche de anúncios que estamos acostumados no ambiente digital, é legal que as marcas se atentem ao planejamento para combinar o imediatismo e as oportunidades do on-line com intervenções em veículos off-line, como o jornal por exemplo, que pode dar a dose de credibilidade que elas precisam para manter uma imagem reconhecida no mercado e de quebra, aproveitar que a maioria está focado nas redes sociais, para ser criativo e surpreender o consumidor por outros meios de comunicação”.

Segundo os profissionais, a principal característica do jornal impresso que o torna diferente dos demais meios ainda é a credibilidade. Por conta disso, o meio é muito procurado para campanhas institucionais, que querem firmar determinada marca, acontecimento de sua empresa, estratégia de venda e aproximação dos clientes.

Portanto, ao se buscar por estratégias de publicação de uma informação, de uma marca ou de uma empresa, a contratação de um informe publicitário é indispensável para o sucesso de seu ideal.

Tipos de anúncios

A Gazeta Informativa possui diversos tipos de anúncios, tanto no impresso como na internet. Além dos banners, encartes e vídeos, oferece o serviço de Informe Publicitário, que são reportagens que falam sobre o anunciante, recomendado para campanhas pontuais, que possibilita ao anunciante explorar melhor seus produtos e serviços.

Utilizados bastante em aniversário de empresas, lançamentos ou apenas para enaltecer e dar mais visibilidade a empresa ou serviços, os informes são tão importantes quanto os banners e encartes, já que são utilizados com frequência pelas grandes marcas.

Ficou interessado e quer saber mais? Entre em contato pelo telefone (42) 3532-5424 ou pelo e-mail contato@gazetainformativa.com.br e fixe sua marca na história do jornal impresso. A sede da Gazeta Informativa está localizada na Rua Ivan Ulbrich, 1535, Vila Prohmann, São Mateus do Sul.

CHARGE:

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Grupo Conviver da terceira idade empossa nova diretoria
O poder da informação através do repórter
O dom da cura por orações