Indústria e Comércio

Ofertas de emprego no comércio são-mateuense aumentam em 58% de janeiro a julho de 2017

Comerciantes de São Mateus do Sul optam por mais contratações e menos demissões, o comércio local torna-se destaque de janeiro a julho deste ano. (Foto: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

A reestruturação do mercado de trabalho são-mateuense reergueu-se de janeiro ao mês de julho de 2017 comparado ao mesmo período do ano passado. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego, mostra que o mesmo período do ano passado, 664 admissões e 634 desligamentos foram concretizados no município, número este que em 2017 subiu para 870 admissões e decaiu para 614 desligamentos, com uma variação positiva de 256 contratações na área comercial nos setores atacadistas e de varejo.

Comparado com os outros municípios, o número de 870 admissões até julho em São Mateus do Sul é superior ao de Lapa (441) com variação de 7 contrações, Irati (842) com uma negativa de -84, Bituruna (89) variação de 7 contratações e de Palmeira (477) com negativa de -5. Em Antonio Olinto, o setor comercial obteve um resultado de 12 admissões e 18 desligamentos com variação negativa de -6 contratações neste mesmo período, e em São João do Triunfo 68 admissões e 71 desligamentos, com variação negativa de -3.

“Percebemos um empenho muito grande dos comerciantes de São Mateus do Sul em manter os seus negócios rentáveis, e a população está prestigiando no sentido de valorizar o nosso comércio local, pois eles têm escutado e procurado atender melhor as expectativas dos consumidores”, ressalta Márcio Luiz Staniszewski, presidente da Câmera de Dirigentes Lojistas (CDL) de São Mateus do Sul.

Leandro Ulbrich Bueno da Silveira, atual gerente da Agência do Trabalhor de São Mateus do Sul, também comenta este aumento significativo, “falando quantitativamente, a oferta por vagas em nosso município aumentou no primeiro semestre de 2017 comparado ao mesmo período de 2016. O número de colocados nestas vagas pela Agência do Trabalhador também aumentou em 50%, ou seja, em 2016 no primeiro semestre o número de colocados nas vagas ofertadas no Sistema Nacional de Emprego (SINE) foi de 281 pessoas, já em 2017 o número de colocados subiu para 424. Estes dados se referem aos três setores de serviços: comércio, industrial e agropecuário. Este aumento relevante no número de trabalhadores contratados pela Agência do Trabalhor reflete em vários fatores, sendo os principais a baixa da inflação em 2017, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e a liberação do governo para o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)”, relata.

Geração e desligamentos de empregos em outros setores

No setor industrial, São Mateus do Sul obteve um leve aumento comparado à 2016 que concretizou em 260 admissões e 339 desligamentos. Já em 2017, 272 admissões e 289 desligamentos. A área alimentícia e de bebidas foi a que mais adquiriu contratos, com um total de 107 funcionários. O decaimento comparado à 2016 pôde ser observado no setor de construção civil, com 316 admissões e 277 desligamentos neste primeiro período. O setor agrícola, de silvicultura, de criação de animais e extrativismo vegetal foi o que menos contratou, com um total de 4 admissões, em 2016 este número era de 126.

“Apesar do país ainda estar sentindo os efeitos da crise, este aumento nas admissões ocorrido em nosso município contribui não só para a diminuição do desemprego, mas também para a movimentação da economia interna em São Mateus do Sul. Com a inflação em baixa e o consumidor mais confiante, a economia interna aumenta gerando assim, mais contratações”, destaca Leandro.

Tabelas representativas de admissões e desligamentos de janeiro a julho no comércio de São Mateus do Sul. (Fonte: Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged).

CHARGE:

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Negociações não avançam e petroleiros mantêm a greve na SIX
Amanhã é o dia “D” para a greve na SIX
Audiência no TRT constrói proposta de acordo para tentar solucionar a greve na Usina do Xisto

Os comentários estão fechados