(Imagem Ilustrativa)

O amor inspira canções, campanhas e até os corações de pedra, e ele é sempre o motivo de suspiros e também de conspirações dos solteiros na semana de Dia dos Namorados. Sejam aquelas pessoas casadas há anos que sempre compartilham fotos com a legenda “eternos namorados”, ou aqueles casais que passam os primeiros anos juntos, o amor está ali. Flores, perfumes e chocolates estão entre os presentes mais compartilhados nesse dia, movimentando a felicidade e claro, a economia de uma cidade.

Acho bonito a forma que meu pai e minha mãe compartilham o seu amor. Não usam apenas o Dia dos Namorados para demonstrar todo seu carinho, mas sim nos pequenos gestos de cuidado e admiração, algo que percebo que infelizmente falta em alguns casais. Sem precisar esbanjar luxo, o amor está ali.

Às vezes a união incomoda algumas pessoas né? É só você olhar para o lado e conhecer histórias de casais de idades diferentes, gays, lésbicas e aqueles que encontram a forma de amar até em uma amizade colorida. O amor está ali!

Eu nunca namorei sério, e não me preocupo mais que isso seja motivo de questionamentos entre meus familiares e amigos. Já perdi as contas de quantas vezes me perguntaram sobre: “e aí, vai apresentar o namorado quando?”. No começo isso me incomodava muito e eu sempre pensava que tinha algo de errado comigo e também com a forma que eu me relacionada com as pessoas. Com o passar do tempo e das experiências, fui percebendo que os relacionamentos são muito mais que demonstrar para os amigos e familiares. O que realmente importa são os momentos que foram vividos.

A nossa vida passa rápido demais e a forma como as pessoas vão e voltam andam na mesma intensidade. Fico feliz em lembrar da noite de céu estrelado junto do telescópio (que deu tudo errado), e também do acampamento na beira do lago. Os bancos da praça e a corrida no campo também foram oportunidades para me apresentar um mundo novo. Hoje eu percebo que mesmo não assumindo nenhum relacionamento sério com ninguém, o amor estava ali também. Sou grata pelo crescimento em todas essas experiências.

Se você é casado, namora ou está solteiro, não importa! O que realmente interessa é que o amor viva da forma mais intensa e enriquecedora! Não sinta medo e nem vergonha de dizer isso! Estamos aqui para compartilhar todo tipo de experiência e conhecimento! Minha eterna admiração por quem vive tudo isso!

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
A verdade é que só damos valor quando perdemos
MEMES, MEMES E MEMES
O dinheiro é só consequência