Comércio Exterior em Foco

Países Caribenhos se destacam nas exportações de São Mateus do Sul

A bandeira da comunidade do Caribe é composta por duas faixas horizontais uma turquesa (superior) e uma azul (inferior) que representa, respectivamente, o céu e o mar. O disco amarelo no centro representa o sol e, no seu interior, estão entrelaçadas duas letras C na cor preta que são as letras iniciais de comunidade Caribenha ou Caribbean Community, em inglês.

Quando observamos as exportações, é interessante notar alguns países caribenhos se destacando entre os vinte principais destinos dos produtos exportados. Barbados, São Vicente e Granadinas, Granada, Porto Rico, Jamaica e Santa Lúcia aparecem, respectivamente, nas seguintes posições: 5º, 11º, 12º, 14º, 16º e 20º. Esses países foram o destino de aproximadamente US$ 6.536 mil (aproximadamente, em câmbio atual, R$ 21.111 mil) das vendas internacionais de São Mateus do Sul no período analisado. Com exceção de Porto Rico, os demais países fazem parte do bloco de cooperação econômica na Comunidade do Caribe (Caricom).

Se nas exportações se destacam os países caribenhos, nas importações os países europeus mostram presença predominante. Entre as vinte principais origens das importações feitas pela cidade, nove países estão na Europa. São eles: Itália, Espanha, Reino Unido, Suíça, Alemanha, Holanda, Rússia, Bélgica e França. Juntos, eles foram responsáveis por enviar ao município aproximadamente US$ 11.540 mil (aproximadamente, em câmbio atual, R$ 37.274 mil).

Por motivo de sigilo, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior não permite a consulta aos produtos enviados e comprados desses países nesse período. O câmbio utilizado para a conversão foi de R$ 3,23.

Kenji Ricardo Kubo

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Exportações e importações de São Mateus do Sul de forma simples e descomplicada
Principais parceiros comerciais de São Mateus do Sul no que diz respeito ao comércio internacional
Comércio Exterior de São Mateus do Sul movimenta US$ 1.434 mil em setembro