Cidade

Paixão de Cristo: a materialização histórica nos palcos foi mais uma vez um sucesso

Em 2017, o grupo Jovens Unidos em Cristo (JUC) fez história mais uma vez, com a encenação da Paixão de Cristo que teve o lema: “Eu Preciso de Você!”. A peça levou aos palcos a trajetória de vida de Jesus Cristo, desde seu nascimento até a ressureição. Um show de interpretação dos atores e membros dos corais Cantata e Karolinka, efeitos especiais e principalmente o envolvimento entre elenco e público em mais de duas horas de um espetáculo emocionante do início ao fim.

Centenas de pessoas compareceram ao Salão Paroquial da Igreja São Mateus que mais uma vez foi transformado na casa da cultura em nossa região com adaptações estruturais e acústicas impressionantes.

O novo texto, desenvolvido pelo também ator e diretor cênico Fernando Wander, trouxe mais envolvimento e mais humanidade aos atos novos que surpreenderam os presentes. De acordo com Fernando: “Para 2017, além de ter o personagem de Jesus e a direção de cenas, algo muito especial e um grande desafio aconteceu, recebi o convite pelo grupo JUC, de fazer um novo texto. Realmente convite inesperado, mas visando retribuir a todo o elenco e continuar com o trabalho de mais de 100 pessoas, a Encenação da Paixão de Cristo é algo que está se tornando tradição em nossa cidade, é minha nona participação como Jesus (1999-2004 e 2014-2017) é uma grande honra, pois sei da grande responsabilidade que o personagem exige, e preciso me superar ano a ano”.

Ao ser questionado sobre o porquê de um novo texto, Fernando relata: “Considerei que deveria abordar mais a vida de Jesus, e colocar os aspectos desde o Nascimento de Jesus, sua aparição no templo com 12 anos, e depois seu pai José ensinando a profissão de carpinteiro a Jesus e depois a morte de José, a Multiplicação dos Pães, a Ressurreição de Lázaro trazendo novos atos para a encenação da Paixão de Cristo 2017 – Eu Preciso de você, mostrando a importância da Sagrada família e alternando momentos de paz e alegrias com tristezas e dor como no ato de Herodes, o grande rei que manda matar todas as crianças de Belém, ou seu filho Herodes Antipas que mata João Batista, realçando o contraste que existia na época das atitude boas e ruins”.

Outro aspecto de suma importância, foram o cenário e os efeitos especiais, muitos segredos envolvidos como destaca Jairo Walter de Paula, diretor cenográfico e interprete do personagem Judas: “Foi um desafio, o novo texto fez com que o elenco desse seu melhor para que o espetáculo fosse um sucesso. Os jovens atores do JUC estão de parabéns pelo empenho e o pessoal da técnica também, sempre atento. Foi emocionante e para mim foi mais especial por estar com meu filho Lucas Adson em cena pela primeira vez. Os aplausos do público é o nosso combustível para continuarmos firme em nossa evangelização através do teatro”.

“O tema da peça trouxe a importância de seguirmos pelo caminho do bem. Tendo várias ‘mensagens’ em cada ato fazendo a plateia e nosso elenco refletir, o ‘teatro’ é ação e deve levar as pessoas a pensarem, principalmente no momento de mudança em que nosso país vive. Agradeço imensamente ao público de quase 2 mil pessoas que foram assistir as duas apresentações que deram um retorno muito especial com muita emoção e aplausos, pois sendo um texto novo existia uma expectativa, mas graças ao empenho de todo o nosso elenco técnico, artísticos, ao grupo JUC, os Corais Cantata e Karolinka a Solista do Juc Jenifer que deram muita emoção a proposta, enfim a força do conjunto, a plateia surpreendeu e respondeu muito melhor que eu imaginava foi muito gratificante e especial”, comenta Fernando Wander.

Nota Oficial

“O JUC agradece as 1467 pessoas que prestigiaram a peça nesses dois dias fantásticos! Agradece a Paróquia São Mateus pelo apoio nas pessoas do Padre Karllos Stonas e Dom Agenor Girardi. Gostaríamos de agradecer ao Fernando Wander e ao Jairo Walter de Paula pela condução das suas direções com maestria, sem esses dois pilares seria impossível realizar a peça! Agradecer a Participação mais que especial dos Corais Cantata e Chór Folclórico Polonês Karolinka, em nome da Maestrina Regina Trinco! Agradecer também a todas as empresas, escolas, organizações e equipes profissionais contratadas, que deram show, inclusive aos profissionais da imprensa! Num total mais de 150 pessoas envolvidas para organizar essa peça na evangelização na Semana Santa! Não citarei nomes específico nos grandes grupos porque certamente esqueceríamos alguém. E por fim, agradecer ao grupo JUC pelo empenho e dedicação para compor mais de 90% do elenco, dentre tantos outros trabalhos que temos! Que Deus os Abençoe!”, destaca em nota, Douglas Lara, Diretor Geral e Presidente do JUC.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Paróquia São Mateus completa nove décadas
O primeiro bebê que nasceu em São Mateus do Sul em 2019
Rotary Club São Mateus do Sul empossa nova diretoria

Os comentários estão fechados