Éber Brandl Deina recebeu a tarefa de interpretar o papel de Jesus Cristo. Para 2022, um espetáculo maravilhoso está sendo trabalhado, que com certeza irá surpreender a todos. O teatro está tendo apoio das entidades representativas e da prefeitura do município. (Fotos: Felipe Ribacz/Gazeta Informativa)

As atividades desempenhadas pelo grupo JUC (Jovens Unidos em Cristo) têm ganhado destaque nos últimos anos junto à nossa sociedade. As ações voltadas à evangelização das centenas de cidadãos envolvidos neste importante processo deixam marcas que são carregadas na vivência de cada um, para onde quer que os caminhos da vida os direcionem. O período de pandemia afetou a rotina de todos os seres humanos e, em nossa cidade, isto não foi diferente.

Apesar de todas as dificuldades vinculadas a este cenário, uma notícia animadora tem movimentado os bastidores de nosso município. O JUC, em parceria com importantes membros antigos do Grupo Teatral Pau e Corda, irá promover a encenação da Paixão de Cristo em 2022. A peça teve uma pausa para readaptações e contava com planos de retorno programados para 2020, sendo o texto especialmente concebido e preparado por Douglas Lara, presidente do JUC. A equipe do jornal Gazeta Informativa preparou uma reportagem especial com o são-mateuense Éber Brandl Deina, que recebeu a incumbência de interpretar o papel de Jesus Cristo. Para 2022, um espetáculo maravilhoso está sendo trabalhado, que com certeza irá surpreender a todos.

ANÚNCIO

Anjos do Senhor

O enredo central deste ano traçará as passagens dos anjos na trajetória de Cristo, como na anunciação feita à Maria. Durante os 16 atos, a peça trará momentos bíblicos tradicionais inerentes à Páscoa do Senhor, mas também grandes momentos de embate entre o bem e o mau, caracterizado pelo Diabo e pelos anjos. O papel de Jesus Cristo será interpretado por Éber Deina. Ele comentou sobre a nobre missão recebida. “Sou são-mateuense de criação e direcionei minha formação profissional junto à Oceanografia, a ciência que estuda os mares. Me formei como oceanógrafo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e, com certeza, este sonho e esta conquista só foram possíveis pelo amor que recebo todos os dias dos meus pais, Adair Brandl e Mário Sérgio Deina. Atualmente, estou concluindo também a qualificação de Técnico em Meio Ambiente e desempenho minhas atividades profissionais como funcionário público na Prefeitura Municipal de nossa cidade. Recebi o convite de interpretar Jesus e topei sem pensar duas vezes”, explicou ele.

Desde criança, Éber teve cabelo comprido, por incentivo de sua mãe. “Quando cheguei nos meus 15 anos deixei crescer de vez, conheci o Rock e me identifiquei ainda mais (risos). O cabelo é uma coisa que me identifica muito com várias coisas que eu gosto na vida, então para mim é muito importante. Sobre a barba também gosto de usar mais longa, mas agora nesse comprimento que está eu tenho deixado mais pelo teatro, nesse calor eu usaria mais baixa”, conta.

O processo teatral

Éber também comentou sobre o seu envolvimento com a arte teatral. “Na minha infância tive o prazer de participar de algumas encenações promovidas pelo Grupo Teatral Pau e Corda. Após a minha saída do município para a realização dos estudos, no ano de 2012, minha admiração por esta atividade permaneceu adormecida. Um pouco antes da pandemia se iniciar, recebi este convite muito especial feito pelo JUC, na figura do Douglas Lara. Agora que a rotina de ensaios foi viabilizada, sendo os cuidados relacionados ao coronavírus tomados com rigor, tudo está acontecendo de uma forma muito mágica. Tenho a convicção de que o espetáculo promovido pelo grupo será o mais marcante em vários aspectos, dado o envolvimento de toda a equipe de colaboradores e atores”, frisou ele.

“Eu vou interpretar Jesus Cristo! Finalmente chegou a hora de poder tornar pública a minha participação junto à encenação da Paixão de Cristo em 2022. Estou embarcando em uma missão espiritual, na qual pretendo envolver a minha versão mais comprometida e saudável. O teatro é uma arte divina que evoca muitos sentimentos. Ao longo de minha jornada na vida tenho perseguido as pistas de amor que Cristo nos deixou por aqui… a responsabilidade e meu respeito aos seus ideais de igualdade estão mexendo demais comigo. Agradeço a confiança do JUC, e de todo o pessoal que está envolvido na concretização desse sonho. Nos vemos em abril”, se expressa em suas redes sociais.

Cuidados relacionados à pandemia

Em virtude do contexto relacionado à disseminação da Covid-19, as atividades vinculadas à Paixão de Cristo 2022 estão sendo realizadas com bastante responsabilidade e cautela. “As apresentações estão previstas para os dias 14 e 15 de abril. Estamos tomando todos os cuidados necessários para evitar a proliferação do vírus, e tudo está sendo preparado com toda a atenção por parte da organização, pois a saúde de todos os nossos cidadãos é prioritária. Os ensaios estão acontecendo e é visível no rosto de cada participante a entrega e a dedicação que têm sido empreendidos neste processo de encenação, mas também de uma evangelização muito profunda”, destacou o diretor da peça, Douglas Lara.

Na imagem a apresentação do grupo realizada em 2017.

O JUC, em parceria com importantes membros antigos do Grupo Teatral Pau e Corda, irá promover a encenação da Paixão de Cristo em 2022 no mês de abril. Os ensaios estão acontecendo aos domingos. (Fotos: Acervo pessoal)

Expectativas

As expectativas positivas para a encenação da Paixão de Cristo em 2022 estão inundando o imaginário de Éber. “Quando decidi embarcar nesta verdadeira missão espiritual, me senti um ser humano bastante privilegiado. Independente das semelhanças físicas com Jesus Cristo, o maior mestre de nossos 2 mil anos de civilização, tenho buscado aprimorar todos os aspectos relacionados à minha vivência. Quero representar o melhor Jesus Cristo já visto por toda a nossa população são-mateuense e minha preparação diária está sendo muito forte neste sentido. Agradeço a confiança depositada em mim pelo JUC e toda a equipe envolvida em cada detalhe da peça. Aguardamos todos vocês em abril, mal posso esperar por este momento tão incrível e único em minha vida”, agradeceu ele.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Chilli Beans lança linha de óculos feitos de lixo reciclado dos oceanos
CÃOcurso Julho Dourado
A Gazeta Informativa foi a primeira Web TV local