Religiosidade

Paróquia da Vila Nepomuceno realiza o 10º Ognisko

A festa reuniu grande público em prol a Paróquia que está passando por uma reestruturação. (Fotos: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

Organizado com muita dedicação pela equipe da diretoria da Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa, da Vila Nepomuceno, o 10º Ognisko é elaborado tradicionalmente para divulgar a cultura polonesa, uma das características que marca São Mateus do Sul e também a igreja que tem como padroeira a santa da Polônia.

A palavra Ognisko signifi ca “fogo”, e de acordo com o Pároco João Henrique Lunkes, este é o principal símbolo da festa. O povo se concentra em torno de uma fogueira, lembrando o costume dos antigos pastores eslavos que se alimentavam e festejavam as colheitas ao redor do fogo durante o rigoroso inverno europeu.

A 10ª edição da festa teve início com a Santa Missa às 18h do sábado (9), logo após a celebração, os fiéis se encaminharam até a fogueira para a tradicional benção. Ao som de uma boa música, o público pôde participar da festividade que contou com um repleto serviço de bar e cozinha.

Como estamos em época de festa junina, foram preparados pratos da gastronomia típica desse período do ano, como o tradicional quentão, doces de amendoim, abóbora , canjica e outros produtos que encheram os olhos do público presente.

O grupo de jovens Unidos pela Fé em Cristo (UFC), da Paróquia, preparou uma encenação do tradicional e divertido casamento caipira, e após a apresentação, o público acompanhou de perto a quadrilha ensaiada pelos jovens.

O grupo de jovens Unidos pela Fé em Cristo (UFC), da Paróquia, preparou uma encenação do tradicional e divertido casamento caipira, e após a apresentação, o público acompanhou de perto a quadrilha ensaiada pelos jovens.

“Para nós é sempre uma alegria estar participando das festividades da igreja. Sempre procuramos dar o nosso melhor, e no Ognisko não poderia ser diferente. O empenho nos ensaios mostra a capacidade de todos, que
mesmo nervosos, fi zeram uma ótima apresentação. Fico contente em fazer parte do grupo e ver ele crescendo, e agradeço a todos que nos apoiaram até aqui”, destaca Larissa Pereira, membro do UFC.

Hoje a Paróquia da Vila Nepomuceno está passando por um momento de reestruturação. Sendo a única Paróquia em toda a Diocese que não possui uma casa paroquial, o padre vive de aluguel em uma casa nas proximidades da igreja. “Com essas festas estamos buscando a arrecadação de dinheiro para a construção de uma residência e um salão paroquial que também nossa igreja não possui”, comenta o Pároco João Henrique.

Com isso, membros da diretoria e toda a comunidade estão unidos em busca da construção desses pontos essenciais em uma Paróquia. Mesmo com toda essa força de vontade, a igreja ainda necessita de forte apoio e ajuda financeira para arcar com todos os custos. “Quero aproveitar o espaço e agradecer a colaboração de todos os nossos voluntários que trabalharam para que o 10º Ognisko fosse um sucesso. Estamos recebendo ajuda de diversas pessoas que estão colaborando com nossa igreja. Aceitamos todo o tipo de contribuição”, diz João.

Se você tem interesse em colaborar com a Paróquia, entre em contato no telefone (42) 3532-5843, e saiba como.

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Padre e Diácono tomam posse na Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa e possuem muitos objetivos para a comunidade
Papa Francisco nomeará o novo bispo da Diocese de União da Vitória quarta-feira (9)
Via Sacra rezada em polonês mantém tradição e integra descendentes de imigrantes

Os comentários estão fechados