Geral

Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa comemora 10 anos

Matriz N. Sr.ª Aparecida e Czestochowa, em São Mateus do Sul.

Matriz N. Sr.ª Aparecida e Czestochowa, em São Mateus do Sul.

No sábado, 25 de junho, a Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa, da vila Nepomuceno, em São Mateus do Sul, comemorou 10 anos de sua criação, tendo como data da sua fundação, dia 26 de junho de 2006. Após seu primeiro pároco, padre Ermildo Vicente Krasovski, a paróquia teve ainda o padre Joviano José Salvatti, e recentemente é guiada pelo padre Fabiano Bulcovski.

A Paróquia traz dois títulos de Maria: Nossa Senhora Czestochowa, (Nossa Senhora do Monte Claro), considerada Rainha da Polônia, e Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil.

A junção Brasil e Polônia reflete a cultura do povo da Paróquia com descendentes de poloneses que celebram festas tradicionais herdadas da Polônia. Os traços da cultura e devoção estão também impressos na arquitetura da igreja: a cor azul simboliza o manto de Nossa Senhora Aparecida, e o amarelo simboliza a cor preferida dos poloneses.


A missa da celebração dos 10 anos foi presidida por Dom Agenor Girardi, bispo diocesano e concelebrada pelo pároco, padre Fabiano, e padre João Ari Schulz, pároco da paróquia São Mateus, em São Mateus do Sul.

Padre Fabiano agradeceu a presença e a colaboração de todas as lideranças e pessoas da comunidade pela participação e comprometimento durante todos esses anos. “Se temos muito ainda para construir, temos muito mais para agradecer. Agradecemos todos que de alguma maneira ajudaram na construção material e espiritual desta comunidade”, disse o pároco.

Dom Agenor, senhora Maria José Zimny, benfeitora da igreja e o padre Fabiano.

Movido pelo sentimento de gratidão, o pároco agradeceu de modo muito especial a senhora Maria José Zimny Ivanike, grande colaboradora e benfeitora na construção da Igreja. “Dona Maria José possibilitou o término da construção da nossa igreja, e continua até hoje nos ajudando, por isso, somos muito gratos”, homenageou o padre.

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa foi criada na época por Dom Walter Michael Ebejer, hoje bispo Emérito da Diocese, o qual viu nesta obra a grande oportunidade da igreja estar mais perto da população. “Já tinha projetos de construção de uma paróquia naquela região da saída da cidade. Via a população crescendo para aqueles lados com bairros enormes e comunidades já fortalecidas por ali. Senti então a necessidade de uma paróquia naquela região para atender melhor ao povo”, declarou Dom Walter.

Texto e fotos: Claudia Burdzinski
Pascom – Par. N. Sr.ª Aparecida e Czestochowa – São Mateus do Sul
Reportagem: Site da Diocese de União da Vitória
Redação

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
4ª Edição do Projeto Rio Limpo acontece neste mês, dia 25
Professores da rede estadual manifestam contra governador do Paraná em sua vinda à São Mateus do Sul
Curso de reciclagem do Detran PR poderá ser feito a distância a partir desse sábado