Cidade

Pavimentação da PR-364 dá importante passo para seu início

Contrato para a pavimentação da PR -364 é assinado e já publicado no Diário Oficial do Estado. (Foto: Alexandre Müller/Gazeta Informativa)

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER), assinou no dia 12 novembro e publicou na tarde da terça-feira (20), o contrato de execução da obra da pavimentação da PR-364 que liga São Mateus do Sul à cidade de Irati em um trecho de quase 50 km que há mais de 50 anos aguarda pelas obras.

O contrato nº 179/2018, do tipo concorrência, edital nº 050/2018 entre o DER e a Construtora Triunfo S/A, sob o protocolo nº 15.249.058-5/2018, foi autorizado pelo Secretário de Estado da Fazenda, José Luiz Bovo, em 29 de junho deste ano, adjudicado e homologado pelo Diretor Geral do DER/PR, Paulo Tadeu Dziedricki, em 17 de outubro de 2018.

O objeto de execução do contrato evidencia a execução dos serviços de pavimentação da rodovia PR-364, trecho de acesso à São Mateus do Sul no entroncamento da BR-153, mediante financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), contrato de empréstimo entre o Governo do Estado do Paraná e o Banco no valor de R$ 108.916.703,33.

O termo contratual celebrado entre o DER e a Construtora Triunfo S/A foi assinado no dia 12 de novembro na sede da autarquia e na última terça-feira (20), foi publicado no Diário Oficial do Estado do Paraná. Conforme o governo estadual, o projeto prevê a restauração de três quilômetros de rodovia já pavimentada com alargamento dos acostamentos, implantação de calçadas e ciclo faixas na área urbana de São Mateus do Sul.

No trecho ainda não asfaltado, o traçado existente será mantido com a implantação de rodovia em pista simples com acostamentos. Haverá uma variante somente nos 1.200 metros finais do trecho, na chegada de Irati, para desviar o bairro Riozinho e retirar o trânsito de perto das residências.

Também está prevista a construção de uma nova ponte sobre o Rio Turvo, com 14 metros de extensão. Em Irati, uma trincheira fará a ligação da PR-364 e BR-153, que fica próximo ao trecho conhecido como “curva da morte”, onde há grande movimento de veículos e pedestres.

Segundo o Coordenador de Comunicação da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística (SEIL), Olavo Pesch, com o contrato assinado e publicado no Diário Oficial, nos próximos dias, será emitida a ordem de serviço autorizando o início dos trabalhos.

De acordo com os prazos de praxe da própria secretaria, nestes trâmites são necessários cerca de 30 dias para que seja realizada a emissão da ordem de serviço da obra, para que possa ser iniciada. Tão logo se inicie, a obra tem prazo máximo para sua execução de 720 dias, ou seja, cerca de 2 anos de obras. Ainda segundo a SEIL, foi assinado o documento do empenho n.º 18003821, datado de 30 de outubro, no valor de R$ 4,5 milhões para que a empresa inicie os trabalhos.

Alexandre Müller
Alexandre Müller

Últimos posts por Alexandre Müller (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
ONG 4 Patas inicia venda de rifas para ajudar no controle de cães de rua
Hospital se pronuncia sobre áudio vazado de possível funcionária negligenciando tratamento médico
Câmara entrega título de Cidadã Honorária para Adelaide Gonzales Minervini e Genesi Nalin Betanin

Os comentários estão fechados