O peão mirim Emmanuel Okonoski, membro do CTG Tropeiros de São Mateus do Sul realizou a entrega das tampinhas arrecadadas na feira de adoção da ONG 4 Patas, realizada no dia 2 de março. (Foto: Acervo Pessoal)

O pequeno Emmanuel Okonoski, de 10 anos, peão mirim do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Tropeiros de São Mateus do Sul, está participando do projeto coletivo do prendado realizado pela 6ª Região Tradicionalista, e realizou a doação de dois litros de garrafa pet repletos de lacres de latas de alumínio e cinco litros de tampinhas de garrafas, entregues no sábado (2), a Organização Não-Governamental (ONG) 4 Patas, de São Mateus do Sul. A venda das tampinhas será revertida para a campanha de castração de animais de rua feita pela ONG.

Assim como a prenda Thamyres Menezes da Silva, que doou mais de 200 litros de leite ao Hospital e Maternidade Doutor Paulo Fortes pelo projeto “Leite Fraternal”, Emmanuel está participando do projeto “Lacre Gaudério”, que conta pontos para o concurso de prendas e peões da 6ª Região, que será realizado no mês de junho em São Mateus do Sul.

Segundo Thaís Okonoski, mãe de Emmanuel, o são-mateuense iniciou com a coleta de tampinhas na própria casa e contou a ajuda de outros membros do CTG. “Quando saíamos ele ficava cuidando e onde encontrava algum lacre ou tampinha guardava e trazia para casa”, conta a mãe orgulhosa. Incentivando a participação de Emmanuel em atividades dinâmicas e que envolvem a solidariedade, Thaís comenta que o jovem participa do movimento tradicionalista gaúcho desde agosto de 2018 quando iniciou a preparação para concorrer no concurso interno para peão mirim. Em setembro, a família iniciou na invernada artística. “A participação junto com ele nos aproxima bastante. Como é um interesse comum, sempre estamos conversando sobre o assunto e estudando juntos. Na questão voluntária, é algo que temos por costume em nosso dia a dia e procuro sempre repassar isso para ele”, testemunha. Além do CTG, Emmanuel participa desde os 4 anos de idade do Grupo Folclórico Polonês Karolinka.

“O Emmanuel mostrou que os movimentos tradicionalistas gaúcho não possui apenas o envolvimento com cavalos, chimarrão, churrascos e dança. Esses projetos solidários são muito importantes para a formação de novos cidadãos. Quero parabenizar toda a família pela iniciativa”, destaca Geomara Kavilhuka, integrante do CTG Tropeiros de São Mateus do Sul e diretora artística e cultural da 6ª Região Tradicionalista.

A ação revertida para a ONG

A ONG 4 Patas, que realiza castrações de animais de rua desde novembro de 2017, afirma a importância da colaboração de todos os moradores em ações voluntárias como a de Emmanuel. Segundo Lila Vidal, voluntária da ONG, o grupo já promoveu 258 castrações com recursos próprios, e através do projeto da Prefeitura Municipal foram realizadas 360. “Para colaborar com um maior número de cães castrados, a ONG está arrecadando tampinhas plásticas que serão vendidas a uma empresa de reciclagem quando conseguirmos uma boa quantidade. Toda a renda será revertida para o controle populacional de cães em São Mateus do Sul”, explica.

Para quem quiser colaborar com a ação da ONG, Lila ressalta que as tampas podem ser armazenadas em embalagens maiores ou até mesmo em sacolas, e deverão ser entregues nos pontos de coleta e nas feiras de adoção que são realizadas quase todos os sábados em frente a Agro Comercial Pavanelo, na Rua Barão do Rio Branco.

Pontos de coleta das tampinhas: Lanchonete do Gaúcho; Real Joias; Clínica Veterinária Pet Life; Loja Peluche; Mr. Marlito; Padaria Bueno; Boca Xeia; Oficina BR Caminhões; Baita Batata; Armazém do Orlando Vila Nepomuceno; Takê Restaurante; Panificadora Sabrina; Colégio São Miguel Arcanjo; Colégio São Mateus; Loja D’Linda; Morandi Comércio de Erva-mate (Paiol Grande); Banach’s Restaurante; Panificadora Pão Quente; Padaria Sabrina; Restaurante 2 Corações; Lanchonete Ribeiro; Agrocomercial Pavanelo; Restaurante Casarão; Associação Comercial; Escritório de Advocacia Fran do Prado São João do Triunfo; Taxi Luana Mayer; Odontologia Sanches; Pet Shop Mundo Animal; Escola da Vila Verde; Mercado Palmeirinha; e em breve mais locais.

“Queremos deixar os parabéns à família Okonoski que já adotou dois cães resgatados e doados pela ONG e que tanto incentivam o Emmanuel. E a este menino de ouro, que continue pensando no próximo, e se envolvendo em causas sociais”, agradece Lila em nome de toda a ONG.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Colégio Duque de Caxias organiza II Semana de Literatura
Comércio de São Mateus do Sul resgata e valoriza a cultura polonesa
Braspol de São Mateus do Sul comemora os 29 anos da Braspol Nacional