(Foto: Acervo/Gazeta Informativa)

Comentários desencontrados, e sem um autor propriamente identificado, citam que a prefeitura de São Mateus do Sul iria pagar adicional de insalubridade devido ao Coronavírus. Motoristas do departamento de Saúde estão diretamente em risco de contágio por transportar pacientes e materiais, o que potencializa as chances de infecção. O pediu partir da gestão.

Em nota, a prefeitura reafirmou que “não há qualquer problema ou divergência na concessão de adicional de insalubridade aos motoristas da secretaria municipal de Saúde”, destacando que foi a própria gestão municipal que solicitou o benefício aos servidores do setor, tendo em vista o trabalho executado. A interrupção ocorreu antes da atual gestão assumir a prefeitura, no início de 2017.

“E o pedido de concessão durante a pandemia do novo Coronavírus partiu da própria secretaria municipal de Saúde, que enviou ao Departamento de Recursos Humanos, vinculado à secretaria municipal de Administração, um pedido para que fosse concedido o adicional aos motoristas que estavam realizando o transporte de pacientes e materiais contaminados pelo novo Coronavírus”, explica a prefeitura.

“Não houve pedido específico de nenhum motorista, mas sim, uma iniciativa de ofício do secretário municipal. Houve uma análise preliminar de uma profissional de segurança do trabalho, indicando que não há respaldo legal para a concessão, e por essa razão, o pedido foi enviado à procuradoria jurídica do município para análise”, esclarece a nota encaminhada pela secretaria de Administração.

Sidnei Muran

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Governo federal vai promover evento sobre o mercado da erva-mate em São Mateus do Sul
Inscrições para o estágio na Prefeitura Municipal estão abertas
São Mateus do Sul recebe oficialmente o Selo de Indicação Geográfica (IG) da erva-mate São Matheus