Política e Cidadania

Pedido de vistas interrompe 2ª votação de dois projetos de lei na Câmara de Vereadores

Pedido de vistas aos projetos nº 12/2018 e 13/2018 foi proposto pelo vereador Pichet que alegou querer mais informações sobre os mesmos, os quais visam filiar o município às associações regional e nacional. (Foto: Alexandre Müller/Gazeta Informativa)

A 9ª reunião ordinária da Câmara Municipal dos Vereadores de São Mateus do Sul, realizada na segunda-feira (9), foi marcada por discussões e pedido de vistas em dois projetos de lei de autoria do poder executivo municipal.

Os projetos de lei números 12 e 13/2018, que visam autorizar o município a filiar-se a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e a Associação dos Municípios Sul Paranaense (AMSULPAR), respectivamente, foram postos em sua segunda discussão e votação e a pedido do vereador Omar Raimundo Pichet, o pedido de vistas foi aprovado pelo plenário que decidiu trazer o projeto à votação na próxima sessão.

Segundo o vereador, o projeto deve conter as informações acerca dos valores a serem investidos pela Prefeitura Municipal antes dos vereadores aprovarem uma lei dessas.

A equipe da Gazeta Informativa entrou em contato com o presidente da AMSULPAR, Claudinei de Paula Castilho, Prefeito do município de Bituruna para buscar as informações que o vereador supramencionado não havia conseguido, e segundo o presidente da associação, São Mateus do Sul pagará R$ 2.800 mil por mês e ainda salientou que analisará com os demais membros acerca dos valores atrasados, haja visto que o município está desde o ano passado sem efetuar o pagamento.

De acordo com o representante da associação, este valor da mensalidade é tido segundo o número de habitantes de cada município.

O projeto de lei nº 14/2018, que declara de Utilidade Pública a Associação de Moradores da Vila Pinheirinho, foi aprovado em segunda votação de forma unânime pelos vereadores.

Dentre os requerimentos apresentados na sessão ordinária, destacamos o nº 20/2018 de autoria da vereadora Fernanda Sardanha, que requer que a Prefeitura Municipal informe os investimentos no ano 2017 e 2018, na aquisição e reforma de unidades habitacionais, algo que é de interesse social, além de solicitar também o número de famílias atendidas, conjuntos habitacionais ou mesmo aquisição de áreas de interesse social.

O requerimento nº 21/2018, de autoria dos vereadores Pichet, Fernanda e Marta Regina Centa, requer ao executivo municipal esclarecimentos sobre a construção do painel na praça da Igreja Matriz, se houve e qual foi a contrapartida do município e quem autorizou a obra, pois o painel gerou polêmica.

O vereador Pichet também solicitou através do requerimento nº 22/2018, destinado ao executivo municipal, esclarecimentos sobre as câmeras de segurança instaladas em alguns pontos da cidade e que lhe foi informado de que não estão em funcionamento.

As vereadoras Marta e Fernanda, fizeram dois requerimentos verbais, propondo a alteração dos destinos da emenda impositiva de ambas, destinando R$ 90 mil para construção de abrigo de ônibus nos colégios Orlanda Distefani Santos, Colégio São Mateus e Colégio Duque de Caxias; R$ 60 mil para cobertura da quadra da Escola Municipal Odemira Cunha e R$ 50 mil para construção de muro lateral da Escola Municipal Pedro Effco.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Mesários, secretários de prédio e auxiliares passam por treinamento para as Eleições 2018
Juiz da Comarca participa da sessão ordinária da Câmara Municipal de São Mateus do Sul
Confira as ações já realizadas no projeto Parlamento Jovem em São Mateus do Sul