Religiosidade

Pelo 12º ano consecutivo, Braspol de São Mateus do Sul organiza momento de oração para São João Paulo II

A mobilização acontece todo dia 2 de abril, às 18h, na praça Bruno Bieszczad, na Rodoviária do município. (Fotos: Sandro Zimny Vitonski)

O São João Paulo II, é um importante renome católico e de identidade do povo polonês. Nascido em 18 de maio de 1920, em Wadowice, na Polônia, João Paulo foi batizado com o nome de Karol Wojtyła, e cumpriu sua trajetória na igreja com grande êxito.

A espiritualidade mariana de São João Paulo II o levou a uma vida inteiramente dedicada a Deus, principalmente os seus mais de 25 anos de pontificado, um dos mais longos da história da Igreja.

João Paulo II faleceu aos 84 anos de idade em 2 de abril de 2005. Ele foi beatificado em 1º de maio de 2011 pelo então Papa Bento XVI. A canonização ocorreu três anos depois, em 27 de abril de 2014, em uma cerimônia que reuniu cerca de 500 mil pessoas de diversas partes do mundo na Praça São Pedro, no Vaticano.

Em São Mateus do Sul, a devoção pelo Santo reúne fiéis há 12 anos consecutivos, que levam consigo quadros e memórias de João Paulo II para testemunhar momentos de fé.

Reunindo-se na praça Bruno Bieszczad, localizada no Terminal Rodoviário Guilherme Kantor, os são-mateuenses rezam o terço todo segundo dia do mês de abril, sempre às 18h.

Segundo Sandro Zimny Vitonski, presidente do Núcleo da Braspol em São Mateus do Sul, a ideia e organização da escolha desse local é pela importância do espaço para o público polonês, logo que ali, foi realizada a fundação e a primeira missa campal da Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa, que possui como padroeira, a santa polonesa.

Esse momento de oração promove e incentiva a identidade religiosa polonesa. “Em todo o mundo, onde há a presença da imigração polonesa, há também essa devoção à São João Paulo II”, destaca Sandro, que ainda reforça a importância do antigo Papa para a sociedade cristã.

“João Paulo II foi fundamental para resgatar essa identidade polônica para nós que somos descentes. Ele desempenhou um papel importante para a retomada da democracia na Polônia, dentre outros feitos religiosos”, diz.

Na praça, existe um monumento dedicado à São João Paulo II. A equipe da Braspol reforça o convite, e comenta: “Saímos desse terço com a certeza que no dia 2 de abril de 2019, às 18h, estaremos lá novamente.”

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Campanha em prol à construção da casa paroquial da Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa acontece em São Mateus do Sul
Comemoração pascoal não terá benção de alimentos nas igrejas
Falece o padre responsável pela construção do Salão Paroquial da Paróquia São Mateus