A policial Eliane Kieski Szczerbowski, da 3ª Companhia (CIA) de São Mateus do Sul Cia – lotada no 27º Batalhão, teve ação providencial para salvamento de bebê de um mês, engasgado com leite materno. A militar teve habilidade para gerenciar, acalmar e orientar por telefone a família da criança. O ato heróico receberá Votos de Congratulações e Menção Honrosa proposta pelo deputado estadual Emerson Bacil (PSL).

A soldado, em serviço no Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM) da 3ª CIA, por volta das 13h30h da sexta-feira (25/10) atendeu uma chamada no 190. Do outro lado da linha estava uma mãe em desespero, suplicando por ajuda. Seu filho, de apenas um mês de idade, estava engasgado com leite materno e se encontrava ‘desfalecido’. No contato Eliane perguntou onde a mulher morava e, por ser em área rural na localidade de Água Branca, optou por orientar por telefone o salvamento.

Pela distância entre a comunidade e a cidade, não daria tempo para o socorro chegar a tempo de salvar a vida do recém-nascido. A tenente, então, passou as orientações de primeiros socorros para a família, enquanto solicitava apoio da equipe de Rádio Patrulha (RPA) que se deslocou para a localidade. Inicialmente, de acordo com o relato da policial a mãe se encontrava muito nervosa. Após acalmá-la, passou os primeiros socorros ao tio que estava com o bebê no colo. Dando início às manobras de desengasgo.

Enquanto o tio seguia com o procedimento, a tenente perguntou à mãe se o bebê estava reagindo. Ela recebeu a resposta de que estaria respirando aos poucos. Neste momento a ligação ficou muda e caiu. Por inúmeras vezes, a policial tentou reestabelecer o contato, mas sem sucesso. Somente conseguiu telefonar para uma vizinha, momentos depois, e soube que a família teria levado o bebê, com respiração reestabelecida, para o hospital. Ali foi avaliado e liberado para retorno à propriedade da família.

“Por seu ato heróico é que a SD QPMG 1-0 Eliane Kieski Szczerbowski, merece o reconhecimento desta Casa de Leis”, justifica Emerson Bacil. Segundo o deputado foi uma atitude louvável e digna de reconhecimento público. “A intervenção e o profissionalismo da tenente foram fundamentais para que o bebê fosse reanimado e salvo”, afirma o parlamentar.

Fonte: Assessoria Emerson Bacil

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Onde termina a acessibilidade para deficientes visuais em São Mateus do Sul
SindiServidores e Prefeitura Municipal discutem embate no reajuste salarial dos servidores públicos
Carteiras de Trabalho serão feitas na Secretaria de Indústria e Comércio