(Fotos: Acervo/Gazeta Informativa)

A reportagem do jornal Gazeta Informativa recebeu a informação, por parte de leitores, da ocorrência de mau cheiro na região da Unidade de Industrialização do Xisto (SIX) em São Mateus do Sul. Pessoas da região citaram odor, em especial pela manhã, suposta queima de material e iniciativa da Petrobras em ‘medir’ estes odores nos arredores. Também questionaram a situação da barragem que pertence à empresa.

Uma leitora entrou em contato para alertar sobre o trabalho de tentar conter a proliferação do mau cheiro. Segundo ela, pessoas ligadas à Petrobras estariam fazendo uso de determinado aparelho para medir o odor. A mesma cidadã disse que, supostamente, chegou até ela a informação de que, em determinado procedimento, a empresa poderia estar incinerando determinado material (lixo).

As reclamações de odor, citadas por moradores da região que abriga os trabalhos da Unidade da Petrobras, teriam maior incidência pela manhã. Isso, segundo os relatos, indicaria que os procedimentos que levam à causa do mau cheiro estariam sendo realizados durante a madrugada. Ao acordar, algumas pessoas notaram o ar com estes indícios e, por conta disso, procuraram esclarecimentos.

Disso, a medida de visitar residências, portando certo aparelho, para detectar a existência deste odor. Outra menção direcionada à empresa foi frente ao estado da barragem que existe junto da SIX, nas suas áreas de posse. Nossa reportagem fez contato com a empresa, em São Mateus do Sul, e recebeu a orientação da SIX de buscar informações com a gerência de imprensa da comunicação institucional.

Esclarecimentos da empresa

Por e-mail, o departamento esclareceu os fatos. “A SIX está realizando entre os dias 10 e 17 de maio serviços de manutenção em seus equipamentos, mantendo contínuo o monitoramento das suas emissões e atuando para evitar ocorrências de odor para a comunidade, respeitando sempre a legislação ambiental”, descreveu a gerência em resposta ao questionamento sobre a existência do odor.

Os leitores demonstram preocupação, também, com os níveis de emissões de materiais que poderiam causar dano para a saúde. A empresa aponta segurança legal, neste sentido. “Lembramos que a SIX possui estação de monitoramento da qualidade do ar instalada na cidade, com disponibilidade de informações em tempo real para o Instituto Água e Terra (antigo IAP)”, cita a nota de resposta.

A gerência de imprensa da comunicação institucional ressaltou que esta estação teria sido desligada, por conta da manutenção dos equipamentos, estando ciente disso o Instituto Água e Terra, “foi informado sobre essa parada de manutenção”. A Petrobras destaca, ainda, as medidas sanitárias em vigor. “Todos os serviços estão sendo realizados mantendo os cuidados de prevenção à Covid-19”.

Barragem e situação

Com base no questionamento das condições da barragem, e busca de esclarecimentos da reportagem, a empresa afirmou que estrutura é sólida, represa água da chuva e evita enchentes. “São represados cerca de 1,5 milhão de metros cúbicos de água. A construção da barragem foi realizada com terra compactada, rocha e concreto, além de possuir vertedouro livre para escoamento da água represada”, informou a nota.

Na resposta, a empresa citou que há um sistema que monitora a represa, seguindo determinações legais e de segurança. “A barragem recebe inspeções periódicas que atestam a sua segurança. Também de forma constante são mantidos o monitoramento da estrutura e a sua manutenção, de acordo com as diretrizes da Agência Nacional de Águas (ANA)”, descreveu a gerência de imprensa da Petrobras.

Sidnei Muran

Sidnei Muran

Jornalista (MTB 7597 DRT/PR), formado pelo Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), pós-graduado em História e Cultura pela Unespar – campus de União da Vitória e Licenciado em História pela Unespar – campus de União da Vitória.
Sidnei Muran

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Blocos de Carnaval animaram São Mateus do Sul
Festival de Sopas e Sobremesas será promovido em prol do Grupo Karolinka
Sorte de Quem Compra Aqui: distribuição dos cupons inicia nesta semana