Espaço do Leitor

Prática do crime de maus tratos a animais acontece em Faxinal dos Ilhéus

ATENÇÃO: A divulgação da foto foi autorizada pela família. Omitimos o nome do acusado até que saia a sua condenação. (Foto: Acervo Pessoal)

Este cachorro da foto foi brutalmente assassinado por um senhor, vizinho do denunciante que é o dono do cachorro. Esta não foi a primeira vez que este assassino covarde cometeu este crime, existindo provas disso, inclusive esta foto de um cão numa gaiola que era utilizada para atraí-los para armadilha, e assim o criminoso cometer as suas atrocidades e morte. Também há testemunhas.

A família do animal já tomou todas as providências necessárias quanto ao vizinho, e esta pessoa responderá criminalmente pela prática do crime de maus tratos.

A necropsia foi realizada pelo médico veterinário Miguel Magnani Júnior, que constatou a causa da morte como sendo, dentre outras, inúmeros golpes de faca.

Por isso alertamos que cuidem dos seus cães, sejam vigilantes, pois pessoas cruéis existem em qualquer lugar, não só em Faxinal dos Ilhéus. Motivamos que todos os casos de maus tratos sejam denunciados à Polícia Civil ou ao Ministério Público.

Acreditamos que a violência contra animal está intimamente ligada à violência contra crianças, mulheres, e demais atos criminosos. Não seja conivente com o que é errado – denuncie.

Nossos sentimentos à família e nem conseguimos nos colocar no seu lugar neste momento de dor e revolta. Demonstramos aqui o nosso apoio e nosso respeito pela coragem de realizar a denúncia, pois muitos teriam se acovardado.

Sempre denuncie os maus tratos. Essa é a melhor maneira de combater os crimes contra animais. Quem presencia o ato é quem deve denunciar. Deve haver testemunha, fotos e tudo mais que puder comprovar o alegado. Não tenha medo. Denunciar é um ato de cidadania. Ameaça de envenenamentos, bem como envenenamentos de animais, também podem e devem ser denunciados.em for o dono do animal que aparece preso nesta armadilha, siga o exemplo desta família e denuncie. Seu cachorro que também foi covardemente assassinado, merece este seu último gesto de amor.


Lei Federal 9.605/98 – dos Crimes Ambientais

Art. 32º – Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.
Pena: detenção, de três meses a um ano, e multa.
§ 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

CLAMAMOS POR JUSTIÇA!

Nota de Repúdio escrita por: ONG 4 Patas.

Redação do jornal Gazeta Informativa

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
A necessidade do jornalismo
Chega de enrolação, queremos a inauguração!
Nós, o povo

Os comentários estão fechados