Educação e Cultura

Prendas de São Mateus do Sul conquistam títulos inéditos a nível estadual

Da esquerda para a direita, a prenda Rosenara Menezes que conquistou o título de 2ª Prenda Veterana do MTG PR 2016/2017, a prenda Raiane Cruz que conquistou o título de 2ª Prenda Adulta do MTG PR 2016/2017 e a prenda Geomara Kavilhuka que preparou e acompanhou as prendas para o concurso. (Foto: Divulgação)

As prendas Raiane Cruz 1ª Prenda da 6ª RT MTG PR (integrante do CTG Tropeiros de São Mateus), Rosenara Menezes 1ª Prenda Veterana da 6ª RT MTG PR (integrante do CTG Fronteira do Paraná) e Thamyres Menezes 1ª Prenda Juvenil da 6ª RT MTG PR (integrante do CTG Fronteira do Paraná), estiveram no último final de semana representando São Mateus do Sul, no 24º Concurso Estadual de Prendas e 19º Concurso de Peões Birivas do Movimento Tradicionalista Gaúcho do Paraná na cidade de Ponta Grossa.

De acordo com a prenda Geomara Kavilhuka, integrante do CTG Fronteira do Paraná, que atua com os cargos de Diretora Artística da 6ª RT MTG PR, Diretora Cultural Macro Regional do MTG e, agora, colunista da Gazeta Informativa, sobre tradicionalismo gaúcho, as prendas concorreram com outras candidatas de diversas partes do estado. “Foi um concurso acirrado e com muitas emoções. Porém, tudo valeu a pena no final. Cada noite de sono perdida, as noites estudando, os projetos sendo realizados e concretizados, os momentos de stress em que vem a vontade de desistir. E tudo isso em prol a Tradição Gaúcha. E com isso, colhemos os frutos desse esforço”, diz Geomara.

A prenda Rosenara Menezes conquistou o título de 2ª Prenda Veterana do MTG PR 2016/2017, e a prenda Raiane Cruz conquistou o título de 2ª Prenda Adulta do MTG PR 2016/2017, e ainda obteve a nota máxima (10,0) na apresentação da sua pesquisa histórica que foi sobre “O ESTRIBO”.

A Juvenil, Thamyres Menezes, ficou em 4º lugar, mas mesmo assim não deixou seu brilhantismo cair, e já disse que vai se preparar para o concurso de 2020! Raiane e Rosenara agora fazem parte do grupo Prendado do Movimento Tradicionalista Gaúcho do Paraná, e irão representar a cidade em todos os eventos estaduais, regionais e também fora do estado. “Cada lágrima e emoção foi recompensada! Ver essas Prendas tão dedicadas e responsáveis nos últimos tempos, demonstra que nosso trabalho não é em vão, e que elas são somente o começo de um novo horizonte para a Cultura Gaúcha de São Mateus do Sul. Pela primeira vez, em 25 edições do Concurso, o município teve uma participante. Ter três representantes e ainda trazer dois títulos de segundo lugar, foi o êxodo dessa longa caminhada!”, diz Geomara, que preparou e acompanhou as prendas para o concurso. “Agora o próximo passo, é trazer mais prendas são-mateuensses para a parte cultural dos CTGs, demonstrar a elas que tudo isso vale a pena e a que tradição gaúcha não se resume em bailão e laço comprido, como muitos se referem!”, comenta Geomara.

As prendas Raiane e Rosenara, assim como as respectivas prendas que ficaram em 1º lugar, irão representar o estado do Paraná em 2017 no concurso de Prendas e Peões da Confederação Brasileira de Tradição Gaúcha, na cidade de Cascavel (PR). E nesse concurso serão prendas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso, Distrito Federal e São Paulo. O próximo concurso estadual será no ano de 2018 no CTG Querência Santa Mônica, cidade de Colombo, terra da 1ª Prenda Adulta Caroline Pankievicz.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Volta às aulas 2020!
Alunos do Colégio Estadual Professora Zuleide Samways Portes praticam a sustentabilidade na construção de espaço ambiental
1ª reportagem da série “O Desabafo do Professor”