Artigo de Opinião

Prepare um café para alguém especial

(Imagem Ilustrativa)

Quando somos crianças a simplicidade da vida engloba tudo o que fazemos. Damos importância para os pequenos detalhes e enxergamos a vida com uma grandeza tão bonita.

No último fim de semana foi comemorado o Dia das Mães, e junto disso, eu e minha irmã estávamos lembrando do presente que era entregue para a dona Ângela todo segundo domingo do mês de maio.

Como éramos crianças nosso pai ajudava (na verdade bancava) o presente de Dia das Mães. Mas queríamos mais do que isso. Queríamos colaborar e entregar para nossa mãe mais do que um presente, mas sim, algo que realmente trabalhamos para conseguir.

Fazíamos o seguinte: acordávamos de manhã, andando pé por pé (por conta do barulho), e íamos até a cozinha preparar o cardápio de café da manhã. Não sabíamos passar café direito, então variava do forte (extremamente) ao lavado. Era engraçado.

Como não éramos tão mãos de fada como a minha mãe, o pãozinho com margarina e a banana não faltavam na bandeja. Meus pais são casados há 25 anos, então eles ainda guardam alguns jogos de cerâmicas que ganharam de presentes de casamento.

Era sagrado: o bule, o açucareiro e a leiteira de cerâmica eram tirados do armário quando essa data estava chegando, e a bandeja ganhava forma junto da rosa que era tirada do jardim que ficava em frente da casa.

Penso que como toda mãe, o carinho que esse gesto trazia era inexplicável, e para nós, ver ela desse jeito era o melhor de tudo. Com o passar dos tempos tudo isso muda. Tenho a oportunidade de olhar para meus pais e entregar à eles alguma lembrancinha para comemorar essa data que deve ser lembrada todos os dias.

Sei que com o passar dos anos a vida nos traz novas responsabilidades, mas nunca devemos perder essa essência de simplicidade que abraça o coração da gente. Hoje temos a oportunidade de colocar mais ingredientes nesse café da manhã, mas o que nunca devemos esquecer é que a ideia surgiu de uma simples atitude que traz grandes sentimentos.

Nessa semana, prepare um café da manhã para alguém especial!

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Não foi coincidência. Foi certeza!
A morte de quem estava cheio de vida
Ai meu Deus! O Mauricio de Sousa existe de verdade!