(Foto: Carlos Karpinksi)

A 41ª sessão ordinária do ano, da Câmara Municipal de Vereadores de São Mateus do Sul realizada na última terça-feira (19), foi movimentada com a presença de um investidor do ramo de construção civil que esteve fazendo uma explanação de como pretende fazer investimentos em nossa cidade e segundo ele tem sido barrado pelo poder público, em função do plano diretor do município ser mal elaborado e ninguém toma atitude para que essa situação mude.

Por isso, Gilmar Borille, engenheiro e proprietário da Construtora Borille e todo seu corpo técnico, como arquiteto e engenheiros, acompanhados do presidente da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de São Mateus do Sul (ACIASMS) Luciano Castilho, procuraram os vereadores para que na revisão do Plano Diretor do município, sejam feitas algumas mudanças de normas para que na nossa cidade possam ser construídas edificações de grande porte.

Borille afirmou que há mais de 18 anos vem tentando investir em São Mateus do Sul e sempre tem levado a porta na cara pelos nossos administradores.

Segundo o empresário, o projeto da empresa Borille para São Mateus do Sul é de no mínimo 5 prédios de 20 andares cada, em pontos diferentes da cidade, mas para isso o Plano Diretor do município terá que passar por alguns ajustes.

O presidente da Câmara, vereador Nereu Edmundo Dal Lago se prontificou com os demais vereadores para que essas mudanças sejam feitas.

A revisão do Plano Diretor deverá entrar em discussão e votação nas próximas sessões.

O Conselho Municipal de Desenvolvimento e Meio Ambiente (CONDEMAB), também terá que aprovar essas mudanças, para que o nosso município possa receber esses investimentos.

Foram aprovados também nessa sessão, alguns Projetos de Lei:

PROJETOS DE LEI EXECUTIVO – 2ª DISCUSSÃO E VOTAÇÃO

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 015/2019: Altera o § 7º do Art. 18, o § 2º do art. 49, a alínea “b”, do inc. II do Art. 94 e Acrescenta o Art. 81-A da Lei Complementar nº 002/1994, que dispõe sobre o Estatuto e define o regime jurídico dos Servidores Públicos do Município de São Mateus do Sul.

PROJETO DE LEI Nº 042/2019: Abre ao Orçamento do Município, crédito adicional especial, no valor de R$ 20.000,00 através de anulação de dotação orçamentária na fonte 000 – Recursos Livres.

PROJETO DE LEI Nº 043/2019: Abre ao Orçamento do Município, crédito adicional suplementar, no valor de R$ 1.018.000,00 através de anulação de dotação orçamentária na fonte 000 – Recursos Livres.

PROJETO DE LEI LEGISLATIVO – 1ª DISCUSSÃO E VOTAÇÃO

PROJETO DE LEI Nº 015/2019: Denomina Rua do município de São Mateus do Sul como “Rua Manoel Ferraz de Lima”.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Com vasta experiência na área política e na administração pública, Tiquinho é pré-candidato a prefeito de São Mateus do Sul
Câmara de Vereadores aprova em primeira votação a revisão salarial anual dos servidores públicos e agentes políticos de São Mateus do Sul
Aluno de Escola do Campo participa de sessão na Câmara dos Deputados em Brasília

Deixe seu comentário

*